Deputada Perpétua Almeida votou contra a Reforma da Previdência e a favor dos pobres

O resultado é uma vitória para o governo Bolsonaro que vai fortalece os ricos e quem é pobre vai ficar mais pobre

A deputada Perpétua Almeida (PCdoB) foi a única parlamentar do Acre a votar contra o texto-base da proposta emenda à Constituição (PEC) de reforma da Previdência, que altera as regras de aposentadoria.

“Votei não na Reforma da Previdência porque ela retira conquistas importantes dos trabalhadores, sacrifica os mais pobres e não mexe com os ricos!! Quem votou nesta reforma, votou contra o povo pobre, os trabalhadores, a Bíblia e a Constituição Brasileira! Lembro o que disse uma vez o professor Darcy Ribeiro: “Meus fracassos são minhas vitórias. Eu detestaria estar no lugar de quem me venceu.”Combati o bom combate!”, disse Perpétua.

Os deputados que votaram contra o pobres são: Alan Rick (DEM), Mara Rocha (PSDB), Jesus Sérgio (PDT), Vanda Milani (SD), Manuel Marcos (PRB), Flaviano Melo e Jéssica Sales (MDB), votaram a favor da Reforma. O texto foi aprovado por 379 votos a 131.