Hemoacre faz coleta externa para garantir estoque e buscar novos doadores

Coleta externa ocorre em órgãos públicos, igrejas, faculdades e oferece comodidade para atrair mais doadores que as vezes não têm condições de sair do local de trabalho para doar sangue.

Uma parceria realizada entre o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Acre (Hemoacre) e a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano (Seinfra) arrecadou pelo menos 20 bolsas de sangue, durante coleta externa, realizada na última semana.

O responsável pelo setor de Captação do Hemoacre, André Santos, diz que a coleta externa tem o objetivo não só de aumentar o estoque de sangue, mas de atrair novos doadores.

Nesta última edição, realizada na sede da Seinfra, pelo menos 217 servidores participaram da palestra e receberam orientações. Além disso, a equipe ainda fez palestras e distribuiu materiais explicativos e ações práticas sobre doações.

A coleta externa ocorre em órgãos públicos, igrejas, faculdades e, segundo Santos, a comodidade é um dos artefatos que pode atrair mais doadores que, às vezes, não têm condições de sair do local de trabalho para doar sangue.

“Através dessa programação, fazemos um cronograma e encaminhamos as ações que têm como objetivo a coleta de sangue e também o cadastro para a doação de medula óssea”, explica Santos.

Além disso, o responsável pela captação diz que a informações são importantes, como, por exemplo, o fato de que uma simples doação de sangue tem a capacidade de salvar quatro vidas em situação de risco.

A coordenadora do evento na Seinfra, a psicóloga Dejane Santana, diz que foi feita a solicitação por parte do Hemoacre e ela atendeu o pedido através de mobilização dos servidores para que pudessem participar da coleta.

“Eles vieram, trouxeram ônibus, e montamos o local. A parceria deu super certo. Acho que conseguimos a meta”, pontuou Djane.

Do g1 Ac