Um tira outro coloca: Depois de ser exonerado por Gladson, filho de Marcio Bittar é nomeado por Major Rocha

A edição do Diário oficial de segunda feira dia 11, uma exoneração chamou atenção de muita gente.

João Paulo Bittar fora exonerado do cargo de chefe de departamento do lAS – Instituto de Assistência social, fato bastante comemorado nas redes sociais, afinal ninguém sabia ao certo qual função o jovem filho do senador desempenhava no governo.

João Paulo se apresentava como representante das políticas públicas de Juventude, o que na prática não se viu uma ação sequer desenvolvida pelo mesmo, pelo contrário, João Paulo Bittar tem sido bastante criticado por aliados e entidades de Juventude, por viver na ponte aérea; Acre/Brasília.

Gladson assinou a exoneração de João Paulo, recebendo vários elogios de internautas e ativistas políticos. Pois é, a fase de desempregado de João Paulo durou apenas 24 horas, porque na manhã desta terça feira a edição do diário oficial trás novamente o filho do senador de volta.

Desta vez João Paulo Bittar estará nos quadros da SEASDHM – Secretaria de estado de Assistência social, Direitos humanos e da Mulher, uma pasta recém criada pela reforma administrativa.

João Paulo Bittar será chefe de departamento é receberá um salário de mais de R$ 10 mil reais.

Solenidade de posse dos senadores durante primeira reunião preparatória para 56ª Legislatura.
Senador Márcio Bittar (MDB-AC) faz juramento.
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado