Polícia Militar de Feijó resgata deficiente mental que estava prestes a ser executado por facção

Segundo os policiais, ele estava perto de ser executado por supostos integrantes da facção criminosa Bonde dos 13, que domina a região.

A Polícia Civil recebeu denúncia via Ciosp na noite de sexta-feira (31) dando conta de um deficiente mental que estava prestes a ser executado por membros de uma facção criminosa. O caso foi registrado no município de Feijó, interior do Acre.

Imediatamente, os policiais civis saíram em busca de resgatar o homem que estava em um barco nas margens do Rio Envira. Segundo os policiais, ele estava perto de ser executado por supostos integrantes da facção criminosa Bonde dos 13, que domina a região.

De acordo com a assessoria da PM, o pai do rapaz relatou aos policiais que trouxe seu filho do Seringal Porto Rubim, Alto Rio Envira em busca de um tratamento. No entanto, quando chegou no porto da cidade, o menor pulou do barco e saiu sozinho com uma caderneta na mão rondando bairros periféricos da cidade, dizendo aos gritos que pertencia a algum tipo de facção sem ter noção do que realmente estava falando, pois sofre de doença mental grave.

Após o incidente, o filho começou a ser ameaçado de morte por membros da facção, chegando a ser agredido fisicamente. O pai, para salvar o filho, escondeu-lhe dentro de seu barco até que os policiais chegassem para levá-lo a um local seguro.

Os policiais aproximou-se do porto onde estava ancorado o barco do pai da vítima, os criminosos que estavam armados, estavam próximo, porém, ao perceber a presença das autoridades, começaram a se dispersar, não sendo possível a identificação dos meliantes. O caso foi registrado na delegacia de polícia da região para conhecimento e devidas providências das autoridades competentes.

Mais um Modelo de cenário para os vídeos ao vivo nas páginas do 3 de Julho Notícias e no YouTube. O 3 de Julho Notícias começa a ter novas aparências, em breve um novo Cenário ao vivo para todos o estado do Acre e o Brasil, no Facebook e no YouTube (vale lembrar que será ao vivo).

Informações da Polícia Militar de Feijó