Com quase 20 mil inscritos, governo Gladson suspende processo seletivo da Saúde

Processo está suspenso temporariamente até que sejam apuradas denúncias de irregularidades.

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesacre), suspendeu temporariamente o processo seletivo simplificado para mais de 300 vagas para os níveis médio e superior. A suspensão ocorre após denúncias de supostas irregularidades. A Saúde não detalhou que denúncias são essas. Foram recebidas quase 20 mil inscrições no total para o processo.

Ainda de acordo com o governo, as supostas irregularidades vão ser apuradas por uma comissão formada por membros da Secretaria de Gestão Administrativa, Controladoria Geral do Estado e Sesacre. Caso sejam comprovadas, os responsáveis vão ser submetidos a um processo disciplinar.

Sobre o processo seletivo

As vagas são ofertadas são para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Rio Branco e mais nove cidades do Acre. As vagas eram para nível médio, para agente administrativo, auxiliar em saúde bucal, técnico em laboratório, técnico de radiologia e técnico em enfermagem. Já para o nível superior eram ofertadas vagas para biólogo, biomédico, contador, enfermeiro, farmacêutico, fisioterapeuta, nutricionista, psicólogo, médico e médico especialista.

A Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) chegou a divulgar o resultado do concurso para os níveis médio e superior. O resultado foi divulgado na edição desta quarta-feira (24) do Diário Oficial do Estado (DOE) e pode ser verificado a partir da página 33.

Os salários variam entre R$1.321,20 mil a 10.526,40 mil, mais as gratificações previstas em lei. Do total de vagas, 212 são para médicos especialistas e 128 vagas para os demais cargos. As vagas são para as cidades de Rio Branco, Brasileia, Sena Madureira, Tarauacá, Feijó, Cruzeiro do Sul, Santa Rosa do Purus, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Jordão.

Do G1 Acre