Polícia Civil cumpriu 32 mandados de prisão; 40 pessoas foram presas durante a operação #PC27

Operação tem como objetivo tirar de circulação foragidos da Justiça que cometeram crimes como roubo, homicídio, estupro, participação em crime organizado e violência contra a mulher.

A Polícia Civil do Acre cumpriu 32 mandados de prisão nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (24). Ao todo, 40 pessoas foram presas no Acre durante a operação.

Os outros mandados foram cumpridos no Presídio Francisco D’Oliveira Conde (FOC), na capital. Dois menores também foram apreendidos.

A ação no estado faz parte da operação #PC27 do Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil (CONCPC) e acontece de forma simultânea nos 26 estados e no Distrito Federal.

Foragidos da Justiça

A operação tem como objetivo tirar de circulação foragidos da Justiça que cometeram crimes como roubo, homicídio, estupro, participação em crime organizado e violência contra doméstica.

“Nós temos uma deliberação nacional do CONCPC. Nós cumprimos, no estado do Acre, 32 mandados, tanto na capital, como no interior e nós estamos fazendo essa primeira apresentação. Amanhã [quinta,27] cedo faremos a apresentação nacional, com os resultados“, disse o secretário de Polícia Civil, Rêmullo Diniz.

De acordo com o delegado, os mandados de prisão foram expedidos pela Justiça após trabalho de investigação e as polícias dos estados fizeram o levantamento para possibilitar o andamento da operação.

“O Acre participa deliberativamente com o cumprimento de mandados contra foragidos e é o que dá fluidez aos cumprimentos judiciais. As polícias estão trabalhando no cumprimento de mandados de forma integrada com todas as polícias judiciárias do país”, conclui Diniz.

Prisões

Em Rio Branco, foram apresentados, na manhã desta quarta:

Sidney Muniz de Menezes, de 32 anos, no Bahia Velha, na Sobral, por suspeita de roubo;

Elimar Bezerra de Souza, de 36, no Nova Estação, suspeito de adulteração veicular;

Raimundo Nonato do Nascimento Francalim, de 36, no 06 de Agosto, suspeito de roubo majorado;

Leandro da Silva rodrigues, de 32, no Santa Helena, suspeito de roubo;

Alriberto Lima da silva, de 43, na rua Minas Gerais, suspeito violência doméstica

Hermínio Neto Pessoa de Lemos, de 30, no João Eduardo, por tráfico de drogas.

Os presos do interior não foram apresentados. O balanço final da operação deve ser divulgado nesta quinta-feira (25).

Por Alcinete Gadelha, G1