Em Santa Rosa do Purus, Porto Walter e Jordão mais de 7 mil eleitores devem fazer biometria

Dez municípios estão com a biometria em andamento. Até o final de junho, todo estado deve estar com o cadastro 100% concluído.

Os eleitores dos municípios de Santa Rosa do Purus, Porto Walter e Jordão devem comparecer aos postos da Justiça Eleitoral para fazer a coleta de dados biométricos. O recadastramento começou nesta segunda-feira (22) e deve atender 7.334 pessoas nas três cidades.

Em Porto Walter. 2.848 eleitores devem comparecer no Posto de Atendimento Eleitoral (PAE) até 8 de junho para fazer o recadastramento. Em Santa Rosa, o prazo é até 31 de maio e o atendimento também é feito no PAE.

Já em Jordão, os 2.774 eleitores devem comparecer ao Salão Paroquial do município, também até o dia 8 de junho. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, de 7h às 14h, e aos sábados das 8h às 12h.

De acordo com o diretor-geral do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AC), Carlos Venícius Ribeiro, o prazo é calculado conforme o número de eleitores que precisam revisar a biometria.

Além disso, ele informa que o objetivo é que pelo menos 80% do eleitorado destes municípios que estão com a biometria em andamento seja alcançado.

“Cancelamento a gente sabe que tem. A Justiça Eleitoral tem a expectativa de alcançar 80% do eleitorado. Esse percentual é satisfatório, mas abaixo disso, não. Então, a gente tem que buscar pelo menos esse percentual”, explica.

Prazo final

No Acre, 12 municípios já concluíram esse processo e os dez que faltavam estão em fase de conclusão. O TRE trabalha para que até o dia 29 de junho, todos os municípios do estado estejam com a revisão concluída.

“Dez municípios nesse momento estão em revisão e concluindo esses municípios, a gente passa a ter, no Acre, 100% do eleitorado com biometria”, disse Ribeiro.

Para alcançar a meta, o diretor explica que estão buscando parcerias com os municípios para levar os eleitores de locais de difícil acesso para evitar muitos cancelamentos.

“A gente está mantendo contato com os prefeitos, vereadores, juízes desses municípios, na tentativa de trazer o máximo possível, principalmente o eleitor de zona rural”, conclui.

Cancelamento

Quem não fizer o procedimento, que é exigência da Justiça Federal, até a data estipulada pelo TRE, vai ter o título de eleitor cancelado.

Ao comparecer aos locais de revisão, o eleitor deve apresentar um documento oficial com foto, CPF e comprovante de endereço.

Os homens maiores de 18 anos que forem solicitar o primeiro título devem apresentar também o certificado de reservista.

Por Alcinete Gadelha, G1