Vereador Jurandir Queiroz parabeniza a feira do peixe, solicita melhorias para ruas de Brasileia e fala sobre o abastecimento por carro pipa

O Parlamentar além de solicitar melhorias nas ruas, iluminação, o mesmo pede providências quanto ao abastecimento de água através de carro pipa.

O Vereador Jurandir Queiroz (PROS) esteve na tribuna da Câmara de Brasileia parabenizando a realização da feira do peixe que foi um sucesso no município sendo ela uma realização da Prefeitura através da secretaria de agricultura em parceria com o SEBRAE durante o feriado da semana santa.

Ainda durante seu pronunciamento na Câmara, o Parlamentar solicitou que a prefeitura, através do setor competente realize trabalhos de tapa buracos na rua Francisco de Assis, localizada no bairro três botequins, pois moradores estão reclamando, mas esperam que a Prefeitura tome providências, o representante do povo solicita também que a secretaria de obras realize reparos na iluminação pública na rua São Francisco de Assis, mais conhecida como Rua da Cageacre, localizada também no bairro três Botequins.

Jurandir solicita ainda que a Câmara envie um documento ao DEPASA solicitando que o setor realize consertos nos canos quebrados na Rua da Cageacre e posteriormente sesse com o desperdício de água naquela rua, além disso o Parlamentar solicita que a prefeitura viabilize melhorias na Avenida Marinho Montes em frente ao ICMBIO, onde muitos moradores tem reclamado.

O Vereador indagou a respeito do abastecimento de água no município realizada através de caminhão pipa, pois sabe-se que se tem diversos bairros, loteamentos e chácaras que são abastecidos através de caminhão pipa como: Loteamento Francisco Rabelo, Loteamento Rigamonte, Bairro Nazaré, todas as chácaras próximas; as Escolas Socorro Frota, Elson Dias Dantas, Menino Jesus e Creche Roma Emilse Silva todas são abastecidas com caminhões pipa.

Jurandir frisou a respeito da grande demanda no abastecimento em período constante, porém moradores reclamam que o DEPASA só dispõe de dois caminhões pipas para atender toda a demanda, segundo um levantamento dois caminhões pipas suportam 14 mil litros de água, mas se for dividir em mil litros (pois na maioria das vezes são caixas de mil litros) só abastece 14 famílias, ou seja, dois pipas não são suficientes para atender esta demanda chega a ser uma situação preocupante e inaceitável.

O Parlamentar solicita que a Câmara de Vereadores encaminhe um documento ao DEPASA solicitando providencias diante desta situação, pois se faz necessário que o setor esclareça quais as medidas que serão tomadas e qual o período, pois não dá para continuar utilizando 14 mil litros de água por dia, é necessário que o DEPASA aumente o volume de água para atender esta demanda.