Jovem monitorado por tornozeleira eletrônica é preso pela Polícia Boliviano

A Policia Civil de Epitaciolândia foi acionada e juntamente com os Agentes do Monitoramento conduziram o jovem para a Delegacia de Epitaciolândia.

O jovem Victor Oliveira da Silva, 21 anos, que cumpria pena em Epitaciolândia com o uso de tornozeleira eletrônica, achou que conseguiria burlar o sistema de monitoramento, mas, não teve sorte e acabou preso.

O jovem, Victor resolveu que iria para a cidade de Cobija (lado boliviano), porém como é monitorado com tornozeleira precisava bolar um plano. A ideia foi enrolar o equipamento com papel alumínio, achando que o sistema não acusaria seu percurso pela cidade.

O plano de Victor não saiu como o planejado. Além de o sistema acusar que ele estava burlando as regras impostas, o mesmo foi abordado pela Policia Boliviana pouco tempo depois que chegou em Cobija.

Como estava com a canela cheia de papel alumínio o fato chamou atenção dos Bolivianos e Victor foi conduzido até a FELCC. A Policia Civil de Epitaciolândia foi acionada e juntamente com os Agentes do Monitoramento conduziram Victor para o lado brasileiro.

Para os Agentes, o monitorado relatou que estava se sentindo ameaçado e que a Juiza da Vara de Execuções Penais, Doutora Luana Campos, disse a ele que poderia sair de casa toda vez que tal fato ocorresse. Victor disse ainda que iria para a cidade de Brasileia, porém o caminho mais seguro seria por Cobija.

A história cômica não serviu e Victor será encaminhado para o presídio na Capital.

Por Alexandre Lima / oaltoacre