Tchê retirou a sua assinatura da CPI da energisa, e quem estava presente na ALEAC não gostou, a postura do deputado.

A Presidente da Comunidade Carandá, localizada no Bairro Bahia Nova, em Rio Branco é uma das pessoas que apoiou durante a campanha passada o Deputada estadual Tchê, a mesma se fez presente na Assembleia Legislativa do Estado, para saber da postura do deputado que ela ajudou a eleger.

Ao presenciar o pronunciamento de Tchê na tribuna da ALEAC, Duciene Lima da Silva ficou extremamente desapontada, pois aquele Deputado é totalmente diferente daquele que ela apoiou, pois na campanha, Tchê foi todo humilde pedir votos, mas agora que deveria defender a população, simplesmente vira as costas.

Duciene durante entrevista dada a redação do site 3 de Julho Notícias, Duciene se altera e volta a chamar Luiz Tchê de covarde e afirma que gostaria que ele voltasse à comunidade Carandá: “ Eu gostaria que ele tivesse a audácia e a coragem de ir lá na comunidade Carandá, porque a maioria dos moradores são de baixa renda e tem que escolher ou paga energia com compra comida, eu queria que ele tivesse vergonha na cara como ele foi lá para pedir voto”, disse Duciene.

Veja o Vídeo: