Depasa da cidade de Cruzeiro do Sul diz que bomba acabou causando desabastecimento. Alguns moradores estão há nove dias sem água.

No bairro Saboeiro, em Cruzeiro do Sul, segunda maior cidade do Acre, os moradores não recebem água tratada de forma regular desde o início deste ano. As famílias reclamam que passam mais de duas semanas sem receber água em casa e quando chega não é suficiente para o consumo.

Há quase nove dias não chega água na torneira da casa de Auristela Barbosa. Segundo ela, para os afazeres domésticos, a família precisa carregar água de um vizinho que tem um poço no quintal da casa dele.

“Tem dia que a gente pega para beber do vizinho. A gente passa um monte de tempo sem lavar roupa. E o problema é em todas as casas. Esse problema aqui já é antigo”, reclama a moradora.

A dona de casa Élida Braz conta que já passou até duas semanas à espera da água do sistema de abastecimento da cidade.

“É muito difícil, porque, você chega em casa e não tem água para tomar um banho, nem para fazer uma comida ou dar banho na bebê. Isso é muito ruim. A gente tem que sair de casa e buscar água onde tiver. Tem que ir tomar banho em outros locais, porque em canto nenhum aqui do bairro tem água. Me salvo na casa da minha irmã que fica em outro bairro”, reclama Élida.

O gerente do Departamento Estadual de Água e Saneamento (Depasa), Braz Pedrosa, disse uma bomba que fazia o abastecimento para o bairro Saboeiro apresentou defeito e, por isso, o fornecimento de água para os moradores foi interrompido nos últimos dias.

Ele garantiu ainda que o órgão já está tomando providências para evitar que os moradores passam muitos dias sem receber água em suas casas.

“Já estamos fazendo a substituição da bomba que queimou ainda hoje. Mas, a água estava chegando fraca ali, devido um poço de uma creche que fazia o abastecimento para parte do bairro e não está funcionando. Então, já solicitamos um geólogo de Rio Branco, que vem ainda nesta semana para a gente tentar recuperar esse poço para melhorar o abastecimento do Saboeiro”, disse Pedrosa.