Agência do BB em Brasiléia foi alvo dos bandidos na madrugada deste domingo. Bandidos desligaram o alarme e internet antes de abrir buraco na parede.

Era por volta das 1h30 da madrugada deste domingo, quando uma guarnição da Polícia Militar percebeu que algo estava estranho na agência do Banco do Brasil, localizada na avenida Manoel Marinho Montes, Bairro Três Botequins, na cidade Brasileia, estava com uma pessoa em atitude estranha.

Ao retornar, o mesmo já teria se evadido do local, mas, resolveram averiguar o prédio. Foi quando perceberam que algo estava errado e o banco não teria vigia noturno. Por ser de jurisdição federal, a Polícia Federal foi acionada.

Somente pela parte da manhã e com a luz do dia, foi possível ver que bandidos chegaram a entrar no prédio após fazer um buraco na parte de trás. Os meliantes utilizaram de uma escada e vários equipamentos após cortar o sistema de alarme e internet do banco.

Após entrarem, ainda tiveram tempo de cortar o cofre onde estava o dinheiro. Felizmente, com a chegada da viatura, antes de pegar todo o dinheiro, fugiram deixando todo o material usado para trás, inclusive o equipamento utilizado no arrombamento do prédio e cofre.

Valor roubado ainda está sendo levantado.

A mesma agência já havia sido alvo de uma tentativa de arrombamento no mês de janeiro de 2017. Segundo foi levantado na época, homens estariam com barras de ferros, pé de cabra e marretas tentando fazer um buraco numa das paredes do banco, quando teriam percebido que o plano fora descoberto e fugiram tomando rumo ignorado.

7º Caso de tentativa e arrombamento em quatro anos

Sem contar comércios e residências particulares nas cidades de Brasileia e Epitaciolândia, esse seria o quinto arrombamento realizado na fronteira do Acre desde 2015, por quadrilhas especializadas.

Em novembro de 2015, com diferença de sete dias, o posto de arrecadamento da Caixa Econômica localizado ao lado do Banco do Brasil em Epitaciolândia, foi arrombado e em seguida, foi a vez da agência do Banco Bradesco em Brasileia. Os bandidos levaram todo o dinheiro e até o momento, ninguém foi identificado e preso.

Em 2017, o caixa eletrônico que existia na rodoviária da cidade de Brasileia, foi invadida por ladrões. Após render o vigia e amarrar no banheiro, todo o dinheiro foi levado e nunca mais o caixa foi reaberto e até o momento, ninguém foi identificado e preso.

Em 2018, a agencia dos Correios em Brasileia, foi ‘visitado’ por duas vezes em seis meses. Na primeira vez, entraram pela porta lateral aproveitando da ausência de vigia. Na segunda, arrombaram por trás e fizeram um buraco no cofre, levando todo o valor e até o momento, ninguém foi identificado e preso.

Nesta madrugada, um novo arrombamento foi registrado e o caso ainda está em aberto. O caso está sob o comando da Polícia Federal que solicitou peritos da Capital para tentar buscar meios para chegar até os envolvidos e até o momento, ninguém foi identificado e preso.

Por Alexandre Lima / oaltoacre