Polícia investiga a execução e diz que família avisou que ele teria sofrido ameaças.

Renato Silva dos Santos, de 33 anos, morreu, na manhã desta quarta-feira (13), no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb). Ele foi atingido por um tiro na cabeça, na noite de terça-feira (12).

Conforme informações da polícia, Santos trabalhava em uma lanchonete, no conjunto Altamira, bairro das Placas, em Rio Branco, quando dois homens chegaram ao local e teriam pedido um lanche. Em seguida, um dos suspeitos efetuou o disparo.

Santos foi levado ao Pronto-socorro da capital, onde foi atendido, mas não resistiu ao ferimento e morreu na manhã desta quarta (13). O delegado Martin Hessel, da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), disse que as características são de execução e investiga o caso.

“Nessa situação não há indício de que seja por envolvimento em facção. Ele estava sendo ameaçado e nós estamos buscando maiores informações para poder chegar aos autores do crime”, disse Hessel.

Do G1 Ac