Prefeita Socorro Neri presenteia o PT no aniversário nomeando ex-assessores de Jorge e Sebastião Viana

A prefeita Socorro Neri (PSB) no uso de suas atribuições legais resolveu nomear os assessores mais próximos do ex-governador Tião Viana e do ex-senador Jorge Viana, do PT, para exercerem funções comissionadas na prefeitura.

Não se questiona a competência, a integridade moral e a conduta ilibada dessas pessoas. Porém, politicamente foi um desastre! A medida ressuscitou todo o desgaste político da extinta Frente Popular do Acre, sepultado pelo povo na última eleição. Quando a maioria dos acreanos já começa a sentir os efeitos negativos do novo governo, Neri traz para o seu colo o desgaste e coloca no olho do furacão o modelo que levou a FPA a naufragar nas urnas, principalmente depois de demitir mais de uma centena de pessoas alegando o enxugamento da máquina municipal. Uma ópera bufa (se não fosse trágico) para ser tocada no aniversário dos 39 anos do maior partido do Acre, o PT. Como disse, a crítica não é contra pessoas, mas contra o que o povo está cansado de ver na nossa classe política: “Pouca farinha, meu pirão primeiro”. Pegou mal, muito mal, e terá consequências nas eleições municipais do ano que vem.

Pelo visto, a mudança vai continuar!

André Kamai, Jorge Fadel, Gabriel Forneck e outros assessores qualificados foram exonerados na reforma, uma outra leva petista foi nomeada.

Assessores de lealdade a toda prova, mas a questão não é essa.

Foi uma ação de amizade, compadrio, tão duramente criticada pelo campo democrático na prática do atual governo, que tenta se estabelecer.

Pois é…enquanto isso a maioria do andar debaixo foi abatida na reforma.

Encontro casualmente com o professor Francisco Nepomuceno, o Carioca, que me garante:

“Quando eu decidi falar vou lhe procurar”.

Fala, Carioca! Fala!

Toda vez que o Carioca dava uma entrevista para o Luís Carlos, o Crica, era um Deus nos acuda nas hostes da FPA.

Era um balde de confusão!

O deputado Gerlen Diniz (PP) disse que o Detran vinha consumindo 260 galões de água por dia.

Também, pudera, uma secura doida dessas!

Um calor descomunal!

Deve ser culpa do aquecimento global, do rombo na camada de ozônio.

Mas, pensando bem, 260 galões/dia é muita água para um dia só!

Alguém tem que explicar esse fenômeno…pode ter sido pirarucu de garrafa, sei lá!

É um fato a ser totalmente esclarecido!

Ouvi nos corredores da Assembleia Legislativa que o delegado Emílson Farias (ex-vice de Marcus Alexandre) será convidado pelo PDT para disputar a prefeitura de Xapuri no ano que vem.

Se vai aceitar ou não são outros quinhentos, mas é um excelente quadro produzido pela nova safra de políticos.

Todo mundo tem os seus, Zé Bedeu!

O deputado Dr. Jenilson (PC do B), que costuma fazer atendimento médico no ramal do Ouro, tem que ter cuidado para não ser comido pelas onças.

O deputado Roberto Duarte está preocupando mais o Palácio Rio Branco do que toda a bancada da oposição em conjunto.

O modelo de lidar com a base parlamentar tem que ser mudado.

Reinventado, na verdade!

A população está voltando a frequentar as sessões acompanhando os debates na tribuna.

A chapa anda quente!

O líder do governo, deputado Gerlen Diniz (PP) partiu pra cima da oposição com a faca nos dentes.

Gerlen e Edvaldo Magalhães baterem de frente!

O empresário Joaquim Lira, representante legítimo da oposição no Alto Acre, disse à coluna que Fernanda Hassem é uma excelente prefeita.

“A Fernanda está dando conta do recado direitinho, é uma boa prefeita sim”, declarou.

Sobre a oposição em Brasiléia, Lira disse que, “teremos candidato único a prefeito e todos os partidos estarão juntos em uma grande aliança”.

Perguntei se o ex-vereador Zemar participaria dessa coligação? Lira afirmou que sim.

“Se o Zemar se recusar nós vamos exorcizar ele”.

Minha opinião: é mais fácil o Zemar exorcizar a oposição todinha de Brasiléia; é homem de jejum e oração.

Remédio bom para enxaqueca: assistir e ouvir (em um volume alto) a leitura da ata da sessão anterior (e o expediente) no início das sessões na Câmara Municipal de Rio Branco.

O prefeito Mazinho assistia ontem a sessão na Assembleia Legislativa observando a atuação de sua esposa, a deputada Meire Serafim (MDB).

O ex-prefeito Vagner Sales também frequenta o Legislativo onde sua mulher, Antônia Sales (MDB) voltou a atuar como parlamentar!

O gabinete do secretário extraordinário de Articulação Política do governo, Ney Amorim, fica ao lado da sala do Ribamar Trindade (Gabinete Civil).

Chupa essa manga, Macunaíma!

Vou ali, no TJ, tomar um café com o presidente, desembargador Francisco Djalma.

Depois passo no Ribamar!