Irmã de Bestene que foi barrada na posse de Gladson é nomeada com salário de R$ 6 mil

A publicação da nomeação consta na edição desta quarta-feira, 13, do Diário Oficial do Estado. Ele receberá como salário R$ 6 mil.

A professora universitária Nabiha Bestene, irmã do deputado estadual José Bestene (Progressistas), foi nomeada para exercer um cargo em comissão na Secretaria de Educação. 

Nabiha se envolveu numa polêmica no início do ano ao ser barrada pelo cerimonial de Gladson Cameli durante a transmissão do cargo do governo. Ela é uma das fundadoras do Partido Progressista no Acre

Desabafo na Facebook

“Quem diria heim? Fui barrada na festa de transmissão de cargo do Governador do meu Partido… pensei que estava em Brasilia, que lá se justifica colocarem as grades, mas aqui? Na transmissão dos nossos ex e saudosos governadores: Edmundo Pinto e Orleir Cameli não existiu isso… elitizaram foi? Nem sabia que tinham convites. Só se justificava esses convites para a Assembleia Legislativa.

É modismo agora é? Me desculpe Cerimonial, vcs pisaram feio mesmo. Além do mais eu estava acompanhada de minha filha Karen, do meu genro Manuel Cristino e da Natália cunhada da Karen que vieram de Lisboa/Portugal. Fiquei mto decepcionada e triste pra começo de ano e um novo governo que ajudei a chegar lá… O Poder é efêmero rapidinho passa, mas as pessoas e os amigos não, esses serão eternos em nossas memórias e em nossos corações. Fica portanto o meu desabafo e a minha grande decepção!!!”

Com Informação ac24horas