Prefeita Fernanda Hassem vai à Brasília em busca de recursos para o município

A Prefeita Fernanda Hassem estará durante toda a semana em agendas na capital federal, Brasília, em busca de articular a liberação de recursos para Brasiléia.

Na segunda-feira, 12, participou de agendas no Senado. Junto ao Senador Sérgio Petecão que é o coordenador da bancada, reivindicou a celeridade da construção do aterro sanitário e entregou um projeto, idealizado por sua gestão, visando a drenagem das ruas que foram atingidas pelas enchentes de 2012 e 2015. Além disso, a Prefeita fez uma solicitação para construção de um centro de zoonoses para atender os municípios de Assis Brasil, Brasileia e Epitaciolândia.

Com a Senadora Mailza Gomes, que está iniciando seu mandato, Fernanda Hassem se colocou a disposição e pediu o auxílio na liberação das emendas para Brasiléia de 2017 e 2018, que ainda não foram liberadas. A parlamentar se dispôs a ajudar o município.
Encerrando as visitas, com o Senador Márcio Bittar, foram apresentadas as demandas de Brasiléia e solicitado também seu apoio, onde o mesmo se colocou a disposição na elaboração de um projeto que estude os danos causados pelas cheias do rio Acre, verificando de que forma poderá ser minimizado o sofrimento das famílias atingidas, dos municípios de Assis Brasil, Brasiléia, Xapuri e Rio Branco, sendo esta uma das metas que serão trabalhadas em seu mandato.

Para a Prefeita Fernanda Hassem essas agendas com os parlamentares são de fundamental importância para garantir recursos.

“As nossas vindas à Brasília são bastante produtivas e nos enche de esperança. Aqui não temos sigla partidária e sim, vontade de trabalhar pela nossa população. Somente com os recursos do município, não conseguimos fazer muito, por isso visitamos todos os nossos parlamentares e reivindicamos junto a eles com o objetivo de garantir a liberação de recursos para serem transformados em investimentos para Brasiléia”, destacou a Prefeita.

Algumas agendas também contaram com a presença dos Prefeitos Caetano de Acrelândia, Marilete de Tarauacá, Zum de Assis Brasil e Romualdo de Bujari.