Com salários atrasados, Médicos paralisam atendimento ambulatorial no Hospital do Juruá

Médicos que atendem no Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul, paralisaram os atendimentos ambulatoriais na tarde desta terça-feira, 12.

Os servidores do Hospital do Juruá estão há 43 dias com os salários atrasados. O governador Gladson Cameli chegou a afirmar durante entrevista que iria repassar o recurso à Anssau no dia 5 de feveiro, mas até esta terça-feira, 12, o dinheiro não apareceu. A afirmação é de um servidor que preferiu não se identificar por medo de represálias.

“Acabei de falar com a irmã Nair Terezinha e o pagamento não foi feito. Eu tenho aqui a gravação da entrevista que ele disse que seria pago”.

Na gravação, o governador é enfático ao dizer que “quinta-feira já sai o pagamento do repasse que a Secretaria de Saúde tem que fazer para o Hospital do Juruá, pra colocar em dia e atualizar os débitos que o hospital está tendo com os médicos e fornecedores”.

Porém, apesar da declaração, os servidores da unidade de saúde continuam sem receber. Por esse motivo, segundo apurado pelo Juruá em Tempo, a categoria se organiza para deflagrar greve. Já os médicos da unidade estão com salários atrasados desde dezembro do ano passado.

Nesta terça-feira, 12, trabalhadores da área de Enfermagem realizaram Assembleia para discutir sobre a situação da categoria.

Em caso de paralisação das atividades, o caos na Saúde do Juruá deve aumentar e os pacientes serão os mais afetados pelo descaso do governo do Estado com a população cruzeirense e demais municípios da região.