Filho do Vice Presidente Mourão é promovido a assessor de presidência no Banco do Brasil

Antonio Hamilton Rossell Mourão, filho do vice-presidente Hamilton Mourão, foi nomeado assessor especial do novo presidente do Banco do Brasil.

Antes assessor empresarial da área de agronegócios do Banco do Brasil, Antonio Hamilton Rossell Mourão, filho do vice-presidente Hamilton Mourão, acaba de ser promovido a assessor especial da presidência do Banco do Brasil, sob a gestão de Rubem Novaes. Com o novo posto, Mourão filho receberá  um salário de cerca de R$ 36 mil.

Na posse dos bancos públicos, nesta terça-feira (7), em Brasília, a ascensão do filho de Mourão já era dada como certa. 

O novo posto equivale a uma cadeira de um executivo no banco.

Mourão filho também passa a integrar o Programa de Alternativas para Executivos em Transição (PAET), que garante bônus na saída para quem ocupou cargo no banco por dois anos, um valor que pode chegar a R$ 2 milhões.

A indicação contraria a política de promoções do banco e o discurso do presidente Jair Bolsonaro (PSL), de que combateria o aparelhamento de estatais e de empresas públicas.

“O BB possui métodos para promoção que vinha implantando a alguns anos, um processo que previa uma bolsa-executivo, além de critérios para promoção. Mesmo em cargos de indicação politica, como é o caso do filho do vice-presidente, cabe ainda um critério objetivo e claro do que simplesmente ser filho”, ponderou o dirigente executivo do Sindicato dos Bancários de São Paulo e funcionário do BB, João Fukunaga.

Com informações do SPBancários