A CEC de 15 mil de um Advogado que recebeu as benção do Riquinho do Juruá

Enquanto uns brigam para receber pelo menos um salário mínimo André viaja na calada da noite e visita o Governador Gladson e volta com sua CEC gorda. Como diz o ditado quem não é visto não é lembrado.

André Hassem foi mais esperto recebeu sua CEC do Governo Cameli foi a maior fatia do bolo no Alto Acre com um salário de R$ 15.800,00 todo final de cada mês, o ex-prefeito vai estar com a conta gorda graças à bença de Gladson, mas a briga continua pelas nomeações no Governo. André Hassem fez sua parte, de acordo com informações repassadas a esta Coluna, um grupo de aliados de Epitaciolândia e Brasiléia estão querendo acampar em frente à Casa Rosada para não perder o pulo do gato, já que até agora nem os assessores especiais foram nomeados.

Briga na Fronteira

Enquanto isso a briga na fronteira está acirrada, uns dizem que vão para tal canto, mas na verdade estão tendo suas mentes cozinhada em banho Maria pelo atual governo, principalmente os que fazem parte da turma da Petecarada, uns ainda esperam pelo menos serem nomeador para receberem um salário mínimo, que até isso está difícil.

Pau que dá em Chico dá em Francisco

O vereador Joelso Pontes (PP) está usando as Redes Social para divulgar fotos de ruas de Brasileia em sua página no Facebook, Vereador passou quatro anos de bico fechado deixando o MDB do Guru e do ex-prefeito Everaldo falir o município e não usou o seu Facebook pra fazer denúncias, vereador o pau que dá em Chico dá em Francisco!!!

É lamentável…!!!2018 em Epitaciolândia

Epitaciolândia inicia 2019 um verdadeiro caos com as ruas do município uma administração de grego do prefeito Tião Flores, as denúncia estão no Facebook “SOS Epitaciolândia”. O município foi de mal a pior, uma administração que ainda não mostrou para que veio. Os moradores estão aguardando que 2019 traga dias melhores e condições de vida dignas.

Do fundo do Baú

O Governador Gladson Cameli na primeira semana de seu mandato oficializou do fundo do Baú Alércio Dias como o presidente do Instituto de Previdência do Estado do Acre. Alércio Dias é pecuarista e ex-secretário de Educação do Acre.

Aliados

Alguns aliados de Cameli acham que simplesmente porque estão filiados em partidos que deram apoio à eleição, podem fazer o que quiserem. Vale ressaltar que a gestão é pública e deve beneficiar toda a população do Acre indiferente das opções partidárias.

Carioca sabia tratar seu companheiro

A briga mesmo está em Rio Branco, onde muitos estão tentando se fazer presente neste momento de composição dos espaços, mas não está sendo nada fácil com o Advogado José Ribamar no Comando da Casa Civil, em virtude do seu olhar técnico para as situações. “O Ribamar não tem a visão política que tem o ex-secretário de Tião, Carioca sabia tratar seu companheiro de partido e sabia fazer política, o Ribamar tem uma visão técnica, mas não se faz política assim”.

Quero o meu pedaço do Bolo!!!

Líder da juventude emedebista do Acre questionou na última semana a falta de espaço para a juventude no governo de Gladson Cameli. A rumores na cidade de que a briga pela composição da gestão está um verdadeiro Balacubaco.

Prefeitura de Tarauacá vai ser disputada a tapa

Pelo andar da carruagem a Prefeitura de Tarauacá vai ser disputada a tapa em 2020. A prefeitura deixou em frangalhos políticos quase todos os seus ex-prefeitos nas últimas décadas. Mesmo assim continua sendo desejada como sempre. Para a disputa de 2020 já tem alguns pretendente!!!!

O áudio das Redes Social

Se contradizendo, mais uma vez, o Governador Gladson Cameli determina em áudio: “vamos parar com qualquer nomeação ou situação que possa ter membros do PT na administração. É uma determinação minha, porque eu não aguento mais todo minuto estar recebendo mensagens”. Em seu discurso de posse, Cameli havia dito que não haveria qualquer perseguição no governo.

Fogo nas redes Social

As redes sociais estão pegando fogo, aqueles que defenderam o Riquinho estão desabafando nas redes sociais, onde mostra a sua indignação com relação ao novo Governador do Estado, o mesmo diz ainda que Gladson fez a diferença confiando que ele como governador possa fazer o tão sonhado sonho voltar a ser vivido. Mas pelo que se ver é que o sonho virou pesadelo para muitas pessoas.

Não sabe dividir o bolo

O Autor não foi identificado, mas o desabafo ganhou repercussão nas redes sociais e com certeza com o objetivo de chamar a atenção para uma questão que tem desagradado a muitos como por exemplo a briga em torno da fragilizada administração Progressista por aparentemente não saber dividir o bolo.

Menino Buchudo

Devido à falta de grupo político do Progressista, partido do governo, se sujeita ao Major Rocha. Hoje trata o Governador como menino Buchudo que só faz o que lhe permite. Olhar pra trás e enxergar a poeira que ficou no sorriso de quem acreditou que um dia Gladson Cameli era a solução dos problemas para tirar o Acre da Crise.

A maromba do Povo 

O município de Assis Brasil no Alto Acre e a única cidade que possui uma Maromba que fabrica milhares de tijolos por mês, se tivessem um bom gestor todas as ruas da Cidade poderiam estar de boa qualidade e a população teria saído da lama, mas a realidade é outra. 

Assis Buracos 

Falando em buracos, Assis Brasil está passando o seu pior momento desde que passou a ser munícipio, em seis anos de administração do PSDB, a cidade retrocedeu 20 anos no passado, agora nem carroça de boi consegue andar nas ruas por conta das milhares crateras na cidade. 

2019 dos Buracos 

Passou o Natal e o ano novo e a população de Epitaciolândia continua a mercê da própria sorte, não pode chover que as ruas ficam em total calamidade, sem falar nos buracos das ruas do munícipio.

O Bombeiro vai volta

O governador Gladson Cameli (PP) tornou sem efeito o decreto de nomeação do tenente-coronel Antônio Marcos Silva Velasquez para o cargo de comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Acre. A nomeação de Velasquez gerou questionamentos anônimos de militares com o argumento de que a legislação estadual não permite. Velasquez foi indicado pelo vice-governador Wherles Rocha (PSDB), que chegou a defender a permanência do tenente coronel no comando do Corpo de Bombeiros Militar.  No dia que a nomeação foi desfeita pelo governador, Velasquez distribuiu uma nota informando que abriria mão da nomeação. “Agradeço a confiança do Governador e vice empossados, Gladson Cameli e Major Wherles Rocha, que anunciaram a minha nomeação futura ao mais alto posto do Corpo de Bombeiros Militar do Acre”, disse.

Dinheiro Público

Por decreto, presidente Jair Bolsonaro determinou que seus posts nas redes sociais serão administrados pela Secom, o que significa que suas agressões a adversários e suas fake news serão pagas com dinheiro público; no último episódio, Bolsonaro partiu para o ataque contra o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, chamando-o de “marmita de corrupto”; Bolsonaro também tem retuitado posts de perfis que espalham notícias falsas e disseminam discursos de ódio.

Filho do Bozo

Filho do presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) foi a Santa Catarina para testar a sua nova pistola; em uma postagem nas redes sociais, Eduardo disse que comprou a arma e foi treinar “para reduzir os riscos” num eventual tiroteio; “Treinamos e gostamos de tiro”, escreveu.

Extrema Direita

“Rodrigo Maia não cumpriu nenhum compromisso com os avalistas da sua eleição e reeleição na Presidência da Câmara. Revelou-se mais radical do que Temer na execução da agenda do golpe. Hoje se apresenta como arauto da agenda neoliberal de Paulo Guedes e já se comprometeu com Bolsonaro em viabilizar no parlamento a agenda do seu governo de extrema-direita”.

Salles é alvo

O discurso do advogado Ricardo Salles, novo ministro do Meio Ambiente, está em sintonia com os interesses do agronegócio; a nomeação de Salles é alvo de ações judiciais, pois o ministro teve seus direitos políticos suspensos por três anos após ser condenado na Justiça de São Paulo por improbidade administrativa.

Livro de Apocalipse

“Israel é um termômetro dos sinais do cumprimento do que está escrito no Livro do Apocalipse”, diz o deputado federal e membro da Assembleia de Deus Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ), que considera a transferência da embaixada brasileira de Israel para Jerusalém diz respeito ao cenário preparado para o Armagedom, como descrito no livro de Apocalipse.

Grampos Ilegais

A presidente deposta Dilma Rousseff rebateu as declarações feitas pelo chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, que e afirmou que o sistema de inteligência brasileiro foi “derretido” por ela, uma vez que a “senhora Rousseff não acreditava na inteligência”; Dilma destaca, porém, que ao longo de seu mandato vivenciou “várias situações de manifesta ineficácia do GSI e do sistema de inteligência a ele articulado”, como os grampos ilegais feitos, em seu gabinete, no avião presidencial e na Petrobrás pela agência de inteligência dos EUA, a National Security Agency (NSA); “Tais exemplos mostram porque a inteligência do governo ainda não é credível”.

FHC

“Na economia o governo é liberal, nos costumes, reacionário e, quanto à visão do mundo, basicamente anacrônico, a julgar pelo que disseram alguns de seus membros. Dos militares pouco ou nada se ouviu a respeito. Subscreverão as teses do futuro chanceler? Ou a norma de que sem objetivos e sem preparação não há guerra a ser ganha?”, questiona o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, em artigo publicado neste domingo, em que aponta a submissão de Ernesto Araújo aos interesses de Donald Trump. “Por que tomar partido diante de um eventual choque de interesses entre a China e os Estados Unidos ou de quem quer que seja?”