Chiquinho Chaves assume a direção da Rádio Aldeia FM de Brasileia e diz que Epitaciolândia pode lhe aguardar em 2020

Chiquinho Chaves (PSD) saiu fortalecido na Última eleição conseguiu 1054 votos, mais que Emerson Leão (MDB) com 981 e Marquinho Tibúrcio (PSDB) com 987.

A redação do Site 3 de Julho Noticias entrou e contado com o amigo de provisão Chiquinho Chaves para saber sobre os boatos de que o mesmo iria assumir a direção da Rádio Aldeia FM de Brasileia, Chiquinho confirmou que foi convidado pela Secretária Silvania Pinheiro, e que nesta sexta-feira assumiu a direção da Rádio e também foi convidado pela Secretária para morar em Rio Branco para assumir um cargo na Comunicação do Estado, Chiquinho disse que não aceitou o convite para residir em Rio Branco porque tem pretensão política em 2020 por Epitaciolândia, Chiquinho Chaves é Radialista, Formando e Jornalismo e Administração Pública.

De mala e cuia

O ex-prefeito de Epitaciolândia, André Hassem poderá assumir a direção do IMAC em Rio Branco, segundo informação, o Advogado André já está de mala e cuia para se mudar para a capital, haja coração! Também o salário vai passar de 10 mil “segura o manizim que eu duvido!!”.

Não larga o amigo

Quem também vai de mala e cuia para capital e o Sandrinho (amigo do peito de André Hassem), vai ser o chefe da CPL do IMAC, o salário é gordo, nem parece os mil que o Sandrinho recebia no Esporte pago por Tião Flores.

Um Pacheco na Educação

Já está quase definido que quem pode assumir a coordenação do Núcleo de Educação de Brasileia é Silvia Pacheco é o nome mais comentado nas rodas de conversa na praça do Ginásio e no tacacá do Fabio. Aí tem dedo do Guru!!

Piranambu

O Nelson do Chico Piranambu é o nome cotado para ser o chefe do DEPASA em Brasileia. Nelson José atualmente é o presidente do MDB no município e acompanha o ex-prefeito Aldemir Lopes por longas datas.

Toma que as chaves são suas

O Adelson ainda anda com as chaves da SEAPROF de Epitaciolândia dependurada em um cordão sujooooo de rede, também não tem pra quem entregar já que o novo governo de Gladson não nomeou ninguém para assumir o setor.

Dama de Ferro

A dama de ferro de Assis Brasil Neiva Vilacorta que tem o Gabinete a preço de ouro diz que o 3 de Julho Noticias pode falar dela o quanto quiser, só não pode lhe chamar de “Retardada e Burra” haja choro no gabinete de ouro.

Dr. Prefeito afastado

Depois que os homens da capa preta tomaram café com o ex-prefeito de Assis Brasil Humberto Gonçalves (PSDB), o DR. Betinho sumiu do mapa da política, segundo informações, o ex-prefeito estava morando no KM 2 de Assis, mas ultimamente estava em Rio Branco Fazendo tratamento psicológico, pois estava com depressão.

Muitas lágrimas na Fronteira

Já tem muito choro na fronteira do Alto Acre também não haverá mais as nomeações dos nomes considerados certos para assessores especiais do governo Gladson Cameli, pelo menos nos próximos meses haja lagrimas na fronteira.

Teto de Vidro

A ex-deputada Eliane Sinhasique passou 4 anos falando mal do PT não conseguiu se reeleger e agora assumiu a Secretaria de Turismo e Economia Empreendedora, arre Sinhasique agora tem o teto de vidro.

Não tem cargos

São 36 cargos do Governo no Alto Acre agora com a diminuição das Secretarias devem ficar uns 20, onde vão colocar os guerreiros do MDB, PSDB, PPS, PSD, PP E SOLIDARIEDADE?

Vai para o voto

Dificilmente, a escolha do primeiro secretário da mesa diretora da ALEAC não será pelo voto. É improvável um acordo entre os candidatos Roberto Duarte (MDB) e Luiz Gonzaga (PSDB).

Zenil Chaves

Com 95% de chance o Ex-vereador Zenil Chaves poderá assumir ainda este mês o posto do DERACRE em Sena Madureira, de acordo com informações repassadas à está coluna, o cargo foi destinado ao senador Marcio Bittar, que indicou seu compadre e companheiro de várias campanhas. A comunidade aprova a indicação do nome do Ex-vereador para o setor já que ele conhece bem a vida do homem do campo e poderá fazer um trabalho em parceria com os agricultores no melhoramento dos ramais existentes no município.

A primeira traição

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, em entrevista ao “SBT” exibida nesta quinta-feira, que irá propor uma reforma da Previdência com idade mínima de 62 anos para homens e 57 anos para mulheres. De acordo com Bolsonaro, a ideia é aumentar a idade mínima em um ano em 2020 e outro em 2021. Temer propunha 65 anos para homens e 62 para mulheres. Com sua proposta, Bolsonaro já sinaliza a primeira traição ao mercado financeiro. “Não vou fazer maldade com o povo”, disse ele

Caixa da família Bolsonaro

Deputado federal reeleito Jean Wyllys (Psol-RJ) ironizou a declaração da nova ministra Damares Alves que virou assunto mais comentado nas redes sociais nesta quinta; em um vídeo, Damares diz que começa uma “nova era” no Brasil, onde “meninos vestem azul e meninas vestem rosa”; pelo Twitter, Jean rebateu: “Menino veste azul. Menina veste rosa. Queiroz veste laranja”, em referência ao ex-assessor Fabrício Queiroz, provável “laranja” e caixa da família Bolsonaro.

Chico Alencar

Líder do PSOL na Câmara, Chico Alencar (RJ), afirma que invasão em diversos gabinetes da Câmara, inclusive de parlamentares do PSOL, “é inaceitável em um Estado Democrático de Direito”; “Sequer nos foi possibilitado o acompanhamento da ação, que está, assim, revestida de clandestinidade”, diz o deputado, que informa que o partido registrou as ocorrências na Diretoria Geral da Casa e no Departamento de Polícia Legislativa (Depol).

Imposto de renda dos mais ricos

O novo ministro da Economia, Paulo Guedes, quer reduzir imposto de renda dos mais ricos, criando um percentual de 25%; hoje, os contribuintes de maior renda (a partir de R$ 4.664,68), pagam alíquota de 27,5%; apesar do novo governo beneficiar os mais abastados, os trabalhadores brasileiros pagaram a conta com o decreto assinado por Bolsonaro, que retira R$8 reais do já defasado salário mínimo; no Brasil, 44,5 milhões de brasileiros receberam em média R$ 747 por mês, menos que o salário mínimo; enquanto isso, as 889 mil pessoas mais bem remuneradas do país receberam, em média, R$ 27 mil por mês.

Querem manter Lula preso

O STF deverá atender o governo Bolsonaro e os militares e manter Lula preso; esta será a consequência da votação, prevista para abril, do tema da prisão de pessoas condenadas em segunda instância; segundo a jornalista Andréia Sadi, em seu blog, o voto decisivo será do presidente do STF, Dias Toffoli; ele tem dito nos bastidores que votará contra Lula em nome de um suposto “equilíbrio do país”.