Pontos de ônibus, táxi e mototáxi devem ser padronizados em Rio Branco

Lei que institui programa de padronização foi publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (28).

Os abrigos de pontos de ônibus, táxi e mototáxi devem passar por reforma e padronização na capital acreana, Rio Branco. A lei que institui o programa de padronização foi publicada na edição desta sexta-feira (28) do Diário Oficial do Estado (DOE).

Conforme o documento, o programa tem o objetivo de tornar os locais mais funcionais e acessíveis. “Proporcionando bem-estar e segurança aos usuários dos serviços de transporte urbano”.

O projeto de lei é de autoria do vereador Artêmio Costa (PSB) e foi aprovado na Câmara Municipal de Rio Branco no último dia 5 de dezembro. A reportagem não conseguiu contato com o vereador para comentar sobre o projeto.

A lei prevê que sejam construídas estruturas padronizadas com cobertura suficiente, banco, iluminação, calçamento antiderrapante e, se houver necessidade, vedação nas laterais e na parte de trás dos pontos.

Além disso, os abrigos de pontos de ônibus devem conter informações sobre o itinerário dos veículos. O poder executivo tem um prazo de 90 dias para regulamentar a lei.

Por Iryá Rodrigues, G1