Antes de chegar na prefeitura, a petista foi vereadora de 2013 à 2016 e disputou à eleição para prefeita em 2016, sendo eleita com 6.819 votos.

A reportagem esteve na manhã desta terça feira 18 no Gabinete da Prefeita do Município de Brasiléia Fernanda de Souza Hassem para um bate-papo descontraído onde a prefeita teve oportunidades de falar um pouco sobre os dois anos de mandatos à frente do município.

Na oportunidade, falou sobre o orgulho de ter resgatando a esperança de muitas famílias que residem, principalmente no centro da cidade, abaladas por duas enchentes seguidas, e mesmo assim trouxe alegrias para todo esse povo, através da revitalização da pracinha histórica do município, da iluminação e do resgate de muitas culturas esquecidas ao longo de gestões passadas, falou ainda das melhorias em ruas, pavimentação, iluminação e recuperação de ramais.

Fernanda Hassem tem demonstrado na prática que é possível fazer muito com pouco dinheiro à frente da Prefeitura de Brasiléia, município com pouco mais de vinte e cinco mil habitantes. O segredo, segundo ela, está no compromisso com o tripé da boa administração, formado pela eficácia, eficiência e efetividade.

Casada com o professor e recém-formado em medicina Sander Salvatierra, a prefeita é mãe de dois filhos e vem de uma família tradicional e com prestígio nos municípios de Brasiléia e Epitaciolândia.

“Ser prefeita de uma cidade é muito mais coração do que qualquer coisa”. Destacou Fernanda Hassem.

Fernanda nos relatou que todos os dias, antes de chegar no seu gabinete, ela faz uma visita nos bairros cumprimentando os moradores, pontos de táxi, comércios e secretarias, segundo ela, esse é o método encontrado para que ela possa atender o povo de uma maneira mais carinhosa, evitando o transtorno da população em se deslocar até a prefeitura e o tempo não ser suficiente para atender a todos.

“A Prefeitura está sempre de portas abertas para o povo, mas não é justo ganhar a eleição visitando cada pedacinho dessa cidade e depois não retornar para agradecer e levar um pouco da administração para mais próximo de cada um.” Frisou.

Ainda, segundo a prefeita Fernanda Hassem, o resultado de sua boa administração se dá pelo respeito que tem com o povo de Brasiléia, fazendo uma gestão transparente, responsável e com prestação de contas em dias com os órgãos fiscalizadores.

Fernanda falou ainda que é inadmissível, principalmente nos tempos de crise, que uma prefeitura ande na contramão da justiça, exemplificando o que vem acontecendo com políticos no nosso município e estado, a respeito de prisões e afastamento por corrupção.

Fernanda se diz tranquila para os próximos dois anos, mesmo com a perca do seu governo ela demonstra tranquilidade e diz que eleições é um fato, agora todos tem compromisso com a população, independente de cor partidária.

Em relação ao novo governo, fala que tem o maior respeito pela pessoa de Gladson Cameli e saberá lidar com as circunstâncias, mas adianta que mesmo sendo oposição, terá acesso ao novo governo pelo carinho e afetividade que sempre manteve com Gladson, Major Rocha, Petecão e outras lideranças de oposição, pois mesmo em lados opostos, o compromisso principal é com a população.

Brasiléia deu uma votação expressiva para o novo governo e senadores eleitos e a população espera reciprocidade no desenvolvimento social e financeiro do município, destacou Fernanda Hassem.

Quem também participou da conversa foi o Secretário de Finanças do Município, Tadeu Hassem, que com muita alegria falou que encerra o ano de 2018 com as “contas em dia”, no que se refere a pagamento de pessoal e fornecedores, incluindo 13° salário.

Tadeu Hassem falou ainda que há muito tempo não recebe cobranças de fornecedores e empresários, pois as contas não atrasam e ficando bom para ambos os lados. Falou também do repasse à Câmara de vereadores, que bem antes da data prevista em lei (dia 20 de cada mês) o dinheiro já está em caixa para o pagamento de seus funcionários e vereadores, fruto de uma boa gestão com responsabilidades.

Tadeu e Fernanda Hassem adiantaram que vão fazer uma gestão ainda melhor nesses dois anos que faltam para encerrar o mandato e que o futuro político a Deus pertence, a preocupação agora é com a população e um novo mandato será fruto da boa relação e prestígio que mantém com o povo de Brasiléia.