Gladson e PSD de Petecão caminham para o entendimento mantendo a unidade do futuro governo

“A natureza fez o homem feliz e bom, mas a sociedade deprava-o e torna-o miserável”. (Jean-Jacques Rousseau)

Compasso de espera

O PSD, do senador Sérgio Petecão, está em compasso de espera para ver o que o núcleo político do governador eleito, Gladson Cameli (PP), pretende oferecer ao partido na repartição do bolo. A fatia oferecida acabou indo para os tucanos. Como diz o Montana Jack, “não há um mal que não traga um bem”. Petecão caminha para o entendimento com Gladson Cameli. Rusgas no início de um governo é muito natural, principalmente depois de quase 20 anos de governo do PT.

Lei do silêncio

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, encontrou uma forma de acabar com as fofocas e brigas dentro do PSL, o seu partido. Mandou acabar todos os grupos de WhatsApp. Todas as conversações agora são individuais. Quando vazar algum assunto logo vai se saber quem foi o autor. Se a moda pega…

Será difícil

Bater o prefeito Mazinho Serafim em Sena Madureira. Além de fazer uma boa gestão, Mazinho também mexe bem com a política. Não fosse assim, não teria dado a sua mulher, Meire Serafim, mais de dez mil votos para deputado estadual.

Toma que o filho é teu

A atual equipe de governo está ansiosa para chegue meia noite do dia 31 de dezembro, quando o gongo do relógio dará a última batida. Querem dizer para os que vão assumir o governo com Gladson Cameli: “Toma que o filho é teu”.

É assim mesmo

Diante da tragédia da Operação Santinhos da Polícia Federal que prendeu Manoel Marcos e doutora Juliano, o deputado Raimundinho da Saúde comentou: “Enquanto uns choram, outros se alegram”. Seu irmão, Renílson, pode assumir o lugar de Manoel na Câmara Federal.

A volta dos buracos

Com a chega das chuvas os buracos na BR-317 e 364 começam a dar o ar de suas graças. O Dnit não pode dar moleza na manutenção das duas rodovias, do contrário a 364, por exemplo, pode até fechar.

Pautas-bombas

A Câmara Federal está longe de acompanhar docilmente as ideias da equipe econômica liderada por Paulo Guedes. Uma nova pauta bomba, que abre rombo nas contas públicas, já foi aprovada. A Rousseff está rindo à toa.

Conter a sanha

O governo federal tem toda a responsabilidade de conter a sanha de latifundiários e pistoleiros que matam trabalhadores rurais, bem como os sem-terra como aconteceu na Paraíba, duas lideranças rurais foram mortas dentro de uma igreja por pistoleiros encapuzados. Não se pode criminalizar brasileiros que precisam de terra para trabalhar. Faça-se uma boa reforma agrária.

Bem adiantadas

Um acerto entre a prefeita Socorro Neri (PSB) e o governo que assume em 2019 estaria bem adiantado com vistas às eleições de 2020. Ela teria, inclusive, o apoio de Gladson Cameli (PP), sua equipe e partidos aliados que derrotaram o PT nas últimas eleições. De acordo com a fonte, Socorro pretende se afastar do PT, que deverá lançar candidato à prefeitura concorrendo com ela.

Só rumores

Por enquanto só rumores de que outros candidatos que se elegeram a deputado federal estão sendo investigados e podem ser presos a qualquer momento. Nos bastidores alguns nomes de peso são mencionados, mas a nível de especulação.

Onde há fumaça…

É certo que o Tribunal Regional Eleitoral investiga vários crimes. Os processos correm em segredo de justiça para não atrapalhar as investigações. Surpresas podem acontecer a qualquer momento.

..há fogo

Nomes muito importantes da arena política como os do vereador Manoel Marcos e doutora Juliana, ambos do PRB, são muito comentados nos bastidores. Inclusive, da Frente Popular do Acre. A PF continua em ação.

Laranjal

Quem participa diretamente da política, ou seja, do miolo, sabe exatamente o que está acontecendo com a família Bolsonaro na movimentação financeira suspeita da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, detectado pelo Coaf. Como costuma dizer o Luís Carlos Moreira Jorge, o Crica: “É batom na cueca”.

Religião e política

Quando, em 2014, afirmei em um programa de TV que é incompatível a função de pastor com o mandato político, fui duramente criticado. A política como ela é está anos-luz de como deveria ser. O caso Juliana e Manoel Marcos, do PRB, braço político da Universal, é apenas mais um.

É preciso aproximar ao máximo o discurso da pratica.

Quando alguém dá conselhos, fala consigo mesmo.

É o caso!

O que a maioria dos produtores deseja do futuro governo é uma grande operação para recuperar ramais.

Buracos começam a surgir em vários pontos da cidade.

A prefeitura precisa intervir rapidamente antes que vire uma epidemia como aconteceu no inverno passado.

Até partidos e políticos aliados não conhecem o teor da reforma política gestada no TCE para dar governabilidade a Gladson Cameli.

Desembargador Francisco Djalma pronto para assumir a presidência do Tribunal de Justiça pela primeira vez.

A desembargadora Denise Bomfim deixa uma extraordinária marca de competência e eficiência