Durante a sessão ordinária desta terça-feira (11), de forma quase unânime, o vereador Rogério Pontes venceu a eleição para presidente da Câmara de Brasiléia para o biênio 2019-2020

Com todos os vereadores presentes na sessão da Câmara Municipal de Brasiléia, a Chapa 1: Unidos por Brasiléia se consagra vencedora, o vereador Rogério Pontes (MDB) vence a eleição da casa com votos de “situação” e “oposição”. Ele comandará a Câmara até dezembro de 2020.

Durante a sessão ordinária desta terça-feira (11), de forma quase unânime, o vereador Rogério Pontes venceu a eleição para presidente da Câmara de Brasiléia para o biênio 2019-2020. Com chapa única, e com apoio da bancada de “situação”, o vereador se reelege e garante o comando da casa até o fim do mandato da prefeita Fernanda Hassem, em dezembro de 2020.

A nova chapa contou com o nome dos vereadores Marquinhos Tibúrcio (PSDB) como vice no lugar que antes era ocupado por Rozevete Honorato (PSB) que ocupa a 2ª secretaria nesta nova composição e Edu (PT) que permanece como 1º secretário. A votação ocorreu de forma nominal em ordem alfabética.

Fato marcante foi que desta vez a mesa ficou composta por quatro partidos diferentes, (MDB, PSDB, PT e PSB). Como frisou o Vereador Gabriele no uso da tribuna antes do anúncio do seu voto:

“Essa mesa senhores, entra para a história de Brasiléia, nunca na história de Brasiléia foi feita uma mesa com quatro partidos diferentes, dois partidos de oposição e dois partidos aliados, entra para a história para mostrar que nós não trabalhamos para partidos e sim em prol da população.” Disse o vereador.

Já o vereador Marquinhos, no momento do anúncio de seu voto disse o seguinte:

“Eu fico observando algumas pessoas em redes sociais e até mesmo com cara feia, só por causa que eu participo da mesa juntamente com partidos opostos, pensando que eu sou da base aliada da prefeita, quero dizer que mesmo participando da mesa eu continuo fazendo oposição, na ALEAC aconteceu da mesma forma, a mesa composta por partidos de oposição e situação como Ney Amorim e Chagas Romão e eles não sofreram as mesmas pressão que eu sofro nas redes sociais.”

Outro fato que marcou a eleição foi que dos 11 vereadores, 8 estavam unidos em apoio a Rogério Pontes e os outros 3 ficaram impossibilitados de montar uma segunda chapa, já que o Regimento Interno da Casa permite que se tenha um número mínimo de 4 vereadores.

O resultado da Eleição foi a seguinte:

VOTAÇÃO

Chapa I – Unidos por Brasiléia

Presidente: Rogério Pontes (MDB)

Vice-presidente: Marcos Tibúrcio (PSDB)

1° Secretário: Edu Queiroz (PT)

2° Secretário: Rozevete Honorato (PSB)

Antônio Francisco ✅

Charbel Reis ❌ (Se absteve)

Edu Queiroz  ✅

Joelso Pontes ❌ (Se absteve)

José Gabriele ✅

Marquinhos Tibúrcio ✅

Mário Jorge ✅

Reinaldo Gadelha ❌ (Se absteve)

Rogério Pontes ✅

Rosildo Rodrigues✅

Rozevete Honorato ✅

Chapa 1: “Unidos por Brasiléia” é eleita para governar o poder Legislativo de Brasiléia pelo próximo Biênio 2019-2020.