O bife acebolado que matou a fome do Rocha e o milagre de São Francisco

Entre comidas e bebidas Gladson Cameli e Major Rocha deixam as mágoas de lado e apostam novamente no projeto que arrola os dois.

Por Evandro Cordeiro

O governador eleito Gladson Cameli (PP) e seu vice, Major Rocha (PSDB), comeram um bife acebolado com assado de panela, coca-cola e água, nesta segunda-feira, no novo mercado velho, centro de Rio Branco.

Essa boia todinha, acredite, encheu o bucho de um e tirou a ansiedade do outro. De barriga cheia e espalitando os dentes, os dois saíram agarrados e devidamente certos de que, ao invés zanguinhas, tem uma responsabilidade sem precedentes na história, a de reorganizar o Acre.

Acredita-se que as brigas que houveram anteriormente por disputas de cargos, ficou no passado, agora o que se pode certeza é de que entre a conciliação algo foi ofertado, sem deixar Rocha de barriga seca.

Ficou acertado o seguinte: o que um fizer o outro não vai desfazer. E mais: o Rocha ficou conhecendo seu território de atuação. Enfim, a “Mãezinha”, dona da pensão, não é santa, mas fez o milagre de São Francisco, sempre pago com muita comilança, o de trazer a paz onde há a guerra.

Plantão 3 de Julho Notícias 19ª Edição

Promotor Ildon Maximiano pede a pena máxima para Aldemir Lopes, Everaldo Gomes, Roney Firmino e os demais réus.

O Promotor do Ministério Público Ildon Maximiano responsável pelas acusações contra os réus no processo de desvio de Milhões na Prefeitura de Brasileia na gestão anterior esteve participando da audiência de instrução que antecede o julgamento dos acusados sendo 16 réus dentre eles estão os ex-prefeitos de Brasiléia, Everaldo Gomes, Aldemir Lopes, o ex-prefeito de Plácido de Castro Roney Firmino, os Vereadores: Joelso Pontes, Marquinhos Tibúrcio, Mário Jorge e mais alguns vereadores da legislatura passada.