Em CZS, Mulheres acima dos 50 anos têm prioridade no atendimento

No AC, Saúde oferece atendimento exclusivo para mulheres acima dos 50 anos durante campanha ‘Outubro Rosa’. Meta do município é realizar mais de 500 exames até o dia 30 de outubro.

As equipes do Programa de Saúde da Família em Cruzeiro do Sul estão dando atendimento exclusivo para as mulheres durante a campanha de prevenção do câncer do colo do útero. A campanha Outubro Rosa teve início no dia 1º deste mês.

Em todas as unidades de saúde da cidade existe um grupo de servidores destinados a fazer exames de mama e orientar as mulheres acima de 50 anos sobre os cuidados que devem ter para evitar a doença.

Em 2017, durante a campanha do Ministério da Saúde, foram realizados 486 exames de mama em Cruzeiro do Sul. A meta da Secretaria Municipal de Saúde é superar esses números na campanha deste ano. Para alcançar o objetivo, em todas as unidades de saúde os médicos e enfermeiros encaminham o pedido de exame para o laboratório da maternidade.

“A gente alerta a todas as mulheres para procurarem as unidades, porque é uma coisa fácil você conversar com a sua enfermeira e pedir a solicitação de mamografia e ir na maternidade marcar”, recomenda a coordenadora do Programa de Saúde da Mulher do município, Renata Silva.

Com mais de uma semana de campanha, muitas mulheres já compareceram nas unidades de saúde para realizar o exame. A aposentada Raimunda Maia, de 68 anos, visitou a Unidade Básica de Saúde do Produtor, na manhã desta terça-feira (9), e conversou com o médico. Ela contou que vai fazer o exame de mamografia pela primeira vez para tirar dúvidas sobre sua saúde.

“Nunca tinha vindo, mas acho importante porque a gente fica sabendo se tem ou não a doença. Desta vez, vou fazer o exame”, disse Raimunda.

O médico Caio Lima atendeu a aposentada. Ele faz da parte da equipe do Posto de Saúde do Produtor, envolvida na campanha Outubro Rosa. Ele orienta as mulheres sobre os cuidados para evitar o câncer e para o diagnóstico precoce.

“Câncer de mama é um dos que mais mata as mulheres hoje em dia. Tem uma evolução rápida, é grave e devido a alta mortalidade, o Ministério da Saúde recomenda o exame de rotina que é feito através da mamografia. Isso é feito dos 50 até os 69 anos. Pessoas que têm um histórico de família com o câncer de mama precisa fazer o acompanhamento antes”, alertou Lima.

Veja o Vídeo: 3 de Julho Entrevistas

Veja nesta entrevista o Gerente regional do Sebrae, Jorge Saad, explicando as principais ações do Sebrae durante o primeiro semestre e quais foram as principais atividades do Sebrae voltadas para o agronegócio, indústria e comércio, Curta a nossa página do Facebook e se inscreva no nosso canal do YouTube e lembre-se de ativar as notificações clicando no sininho.

Do G1 Acre