Idaf promove ações de combate à brucelose e tuberculose no rebanho bovino

O objetivo é levantar a predominância dessas duas doenças em todo rebanho acreano, estimado em três milhões de animais.

O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf) segue realizando o Inquérito Epidemiológico de Prevalência de Tuberculose e Brucelose Bovina. 

Nesta semana, o Idaf promove nas cidades de Senador Guiomard, Plácido de Castro e Capixaba, a colheita de amostras de sangue para exames dessas doenças. Os exames serão realizados no laboratório de referência Pedro Leopoldo, no estado de Minas Gerais.

“Desta forma solicitamos aos produtores rurais das propriedades selecionadas para o Inquérito, a colaboração com os profissionais do Órgão Oficial de Defesa Sanitária Animal, para que sejam cumpridas as programações agendamentos dos trabalhos, com os animais devidamente contidos nas instalações (Currais) para a realização dos exames”, destacou o gerente da Defesa Sanitária Animal do IDAF/AC, Mario César.

De acordo com o médico Veterinário e coordenador Estadual do Programa de Controle da Erradicação de Brucelose e Tuberculose Animal, Francisco Ferreira Filho, existem critérios estabelecidos pela Universidade de São Paulo (USP) para o Inquérito, para saber o nível dessas doenças em todo rebanho do Acre.

“Ao todo, 611 propriedades, em todo território acreano, receberão os fiscais de Defesa Sanitária Animal, a fim de realizarem 5.600 exames de Brucelose e 11.000 exames para Tuberculose no rebanho acreano”, explicou Francisco Ferreira Filho.

3 de Julho Entrevistas 10ª Edição

Assista a entrevista com a Presidente da Associação dos Portadores de Hepatite do Alto Acre e conheça: Dos tipos de hepatite até o tratamento”.