Acidente ocorreu na manhã desta terça (19), no Ramal Jarinal, em Brasileia. Eletrobras divulgou nota lamentando acidente e disse que enviou equipe para o local.

Colegas chegaram a levar o servidor para hospital, mas ele morreu no caminho para a unidade.

Um prestador de serviço da Eletrobras Distribuição Acre morreu eletrocutado na manhã desta terça-feira (19), no Ramal Jarinal, na zona rural de Brasileia, interior do Acre.

O acidente ocorreu no momento que um grupo de profissionais fazia a limpeza do ramal, onde ficam os postes de energia elétrica.

O servidor foi identificado como Jackson Leno da Silva Pereira, de 30 anos, chegou a ser levado para o hospital da cidade, mas morreu ainda a caminho da unidade. A vítima trabalhava em uma empresa que presta serviços à Eletrobras.

Por meio de nota, a distribuidora disse que lamenta o acidente e enviou uma equipe até o local para apurar todas circunstâncias do caso.

O colega de Pereira, Raimundo Felício, falou que a vítima foi atingida por um fio de alta tensão quando subia em um escada para fazer o desligamento da energia.

“Estávamos roçando o ramal. Foi desligar a luz e o outro rapaz estava cortando a árvore. Ele foi colocar a escada no poste para fazer o desligamento, aí a árvore caiu, bateu no fio que quebrou e bateu no ombro dele”, contou.

Ainda segundo Felício, a equipe se mobilizou rapidamente para levar o colega para o hospital, mas as condições do ramal não permitiram o veículo sair rápido.

“Ainda estava vivo. Devido ser muito longe e o ramal não tem condições de viajar rápido. É díficil”, lamentou.

Do G1 Acre