Argentina vê Messi errar pênalti e tropeça em empate contra Islândia

Uma estreia decepcionante para quem ocupou as ruas de Moscou desde o início da semana.

Os torcedores da Argentina se destacaram fora do campo, mas a seleção do país decepcionou em seu primeiro desafio na Copa do Mundo. Em partida disputada na Otkrytiye Arena, na capital russa, a equipe comandada por Jorge Sampaoli ficou apenas no empate por 1 a 1 com a Islândia, em uma tarde completamente apagada de Lionel Messi, que voltou a conviver com o drama dos pênaltis.

O grande craque argentino teve nos pés a chance de dar a vitória nesta estreia na Rússia. No segundo tempo, assumiu a responsabilidade e partiu para cobrança de pênalti. No entanto, o camisa 10 falhou e, de quebra, consagrou o goleiro Halldorson, que defendeu a cobrança.

O empate ratifica uma atuação aquém da Argentina. Diante de uma Islândia compacta e bem postada defensivamente, o time bicampeão mundial pouco criou, insistindo muito pelo meio. Era Messi pegar na bola que, imediatamente, três islandeses se aproximavam e fechavam o espaço do craque. Faltou criatividade, intensidade e velocidade para o favorito do grupo D.

Passada a estreia na Rússia, a Argentina terá apenas quatro dias de preparação antes do decisivo duelo pela segunda rodada. Na quinta-feira (21), a partir das 15h (de Brasília), a equipe alviceleste encara a Croácia, em Nizhny Novgorod. A Islândia, por outro lado, joga um dia depois, às 12h, contra a Nigéria, em Volgorado.

Quem foi bem: Halldorson e um lance para a história

Finnbogarson entrou para a história ao anotar o primeiro gol da Islândia em Mundiais. Entretanto, o lance do jogo ocorreu na defesa. No primeiro jogo de Copa da história do país nórdico, Hallodorson parou um dos melhores jogadores de todos os tempos. O goleiro defendeu o pênalti cobrado por Messi e assegurou o empate.

Quem foi mal: Messi e o velho drama dos pênaltis

As comparações serão inevitáveis após a primeira rodada. Enquanto Cristiano Ronaldo anotou três gols e carregou Portugal nas costas contra a Espanha, Lionel Messi viveu uma tarde apagada em Moscou. Muito marcado, o camisa 10 teve a chance de dar a vitória à Argentina, mas falhou. O craque parou no goleiro Halldorson, em cobrança de pênalti, e saiu frustrado na estreia daquela que pode ser sua última Copa do Mundo.

3 de Julho Entrevistas 5ª Edição

Veja nesta entrevista o trabalho desenvolvido pelo Movimento de reintegração das Pessoas que contraíram a Hanseníase, e conheça mais sobre esta doença, Curta a nossa página do Facebook 3 de Julho Noticias – A voz da Fronteira e se inscreva no nosso canal do YouTube 3 de Julho Noticias e lembre-se de ativar as notificações clicando no sininho.

Por UOL