A Rbtrans deixou os empresários controlarem esse sistema, e perdeu o controle.

Por João Renato Jácome

O perito da Polícia Federal, Roberto Feres, disse em um vídeo que a prefeita de Rio Branco, Socorro Neri (PSB), tem um “problemão” nas mãos, quando o assunto é o pedido de reajuste da tarifa do transporte coletivo da capital, que está em R$ 3,50, e pode subir para R$ 4,55, valor este solicitado pelas empresas.

As alegações de Feres falam principalmente dos valores apresentados na planilha entregue ao Conselho de Transportes. Ela alega que os números e informações colocadas no documento são “confusas” e “sem comprovação”, uma vez que o sindicato das empresas pode “manipular” todos os dados ali apresentados aos conselheiros.

“Faz muito tempo que o sindicato das empresas domina os dados usados no calculo, e pode manipular como quiser essas informações. A Rbtrans deixou os empresários controlarem esse sistema, e perdeu o controle. Faz muito tempo que a administração municipal tem sido refém de promessas não cumpridas de renovação a frota”, comenta.

Feres cita, ainda, a anistia de impostos que o município deu às empresas em troca dos investimentos que, como alega, ainda não chegaram. “A prefeitura faz de conta que não vê para não entrar em conflito com os empresários, afinal, gente rica ajuda bastante na hora da eleição. Está na hora da prefeita fazer uma intervenção”, completa.

Roberto diz acreditar que este o momento de a prefeitura se posicionar como deve e colocar na ponta do lápis os custos do serviço ofertado à população. “Chega de abaixar a cabeça e fazer o jogo das empresas. Seja firme, prefeita: ponha sua equipe para controlar as empresas e retome do Sindicol todos os controles que devem ser feitos pela Rbtrans”, finaliza.

Telejornal 3 de Julho 11ª Edição

Veja nesta Edição: Jogador Valder Melo mais conhecido por cabeção do time Revolução Clube fez o gol mais bonito até o momento do Campeonato Regiçaneo Moura de Brito; Abertura dos Jogos Escolares 2018 em Brasileia tem início no Ginásio poliesportivo Eduardo Lopes Pessoa, Ministério Público vai apurar supostas irregularidades na aquisição de merenda escolar em Epitaciolândia,Policia Militar de Assis Brasil prende quatro indivíduos acusado de tráfico de entorpecente com emprego de arma de fogo para resguardar a boca de fumo e outras, curta a nossa página do Facebook e inscreva-se no nosso canal do YouTube.

Fonte: Ac24horas