Um anteprojeto que foge aos padrões da realidade da Assembléia Legislativa do Acre

Deputado estadual propõe a criação do “bolsa-caixão”

Um anteprojeto que foge aos padrões da realidade da Assembléia Legislativa do Acre foi anunciado ontem pelo deputado Jairo Carvalho (PSD)-foto-: a criação do “bolsa-caixão” ou que pode ser chamado de bolsa-defunto. A sua justificativa para a fúnebre matéria é que o dinheiro que ganha como parlamentar está indo para o ralo de tanto atender pedido para ajudar na compra de caixões. “Todo dia morre dois ou três na Capital vítima dos bandidos e sou procurado pelas famílias, com tanta ajuda funerária, não aguento mais, senhor governador, é muito gasto. Já que o senhor fracassou no combate aos marginais, antes de sair, faça pelo menos este favor para as famílias dos que estão morrendo pagando todos os atos dos funerais”, disparou num patético apelo o parlamentar. O inusitado anteprojeto deverá ser apresentado à mesa diretora da ALEAC para que o envie á análise do governador, a quem cabe mandar em forma de projeto à Casa. Jairo diz que hoje, a Síria, perto de Rio Branco, é um mar de calmaria.

NÃO É EXEMPLO ADMINISTRATIVO

O deputado Daniel Zen (PT) disparou ontem contra a oposição para rebater críticas. Disse que a administração do ex-governador Orleir Cameli não é exemplo de gestão para nada: deixou cinco meses de salários atrasados e sacou 100% do Fundo Previdenciário para construir o conjunto habitacional “Parque dos Sabiás”, que não foi construído e nem o sacado reposto, lembrou

ZERO EM ADMINISTRAÇÃO

O deputado Jonas Lima (PT) juntou-se ao deputado Daniel Zen (PT) para criticar o candidato ao governo Gladson Cameli (PP), acusado de ser despreparado. Nasceu num berço de ouro, não sabe o que é pobre, não conhece a realidade do homem do campo, acusou Jonas. É um menino que viveu em Manaus, retrucou por sua vez Zen. Avaliam que ele no governo seria um desastre para o Acre. Se ganhar e repetir o governo Orleir, será um retrocesso para o Acre, afirmam.

PORTAS FECHADAS

Na avaliação do deputado Daniel Zen (PT), o governador só não fez mais pelo Acre por causa do boicote do governo Temer. “As portas dos ministérios são fechadas aos nossos parlamentares”, pontuou. Não se avançou ainda mais na Educação devido ao Temer, assinalou.

OS DOIS LADOS DA MOEDA

O deputado Raimundinho da Saúde (PODEMOS) precisa ter cautela, quando na segunda-feira for á Cruzeiro do Sul tratar das questões do Hospital do Juruá e sua administração. A primeira coisa que devia apurar é quanto o governo deve ao conselho gestor das Irmãs. Sem receberem o que lhe é devido não há como manter funcionários e excelência na gestão. Não há milagre.

TODO MUNDO DE OLHO

Numa conversa de deputados ontem na ALEAC o tema era a candidatura do ex-Juiz Pedro Longo (PV) como tema central. Acham que faz uma pré-campanha portentosa. “Avalie quando chegar na campanha”, disse um deles. “Vou colar nele e na primeira oportunidade o denunciar ao MP”, prometeu outro. Pelo visto, a candidatura do Longo será uma das mais visadas.

NÃO SERIA JUSTO

O DERACRE tem de ser cobrado pelos deputados no caso da recuperação da estrada para Plácido de Castro, é o papel do parlamentar. Mas não se pode jogar o abandono do órgão no atual gestor, que já pegou o barco sem leme e com o caixa baixo. Está fazendo o que pode.

PANCADA GRANDE

O deputado Luiz Gonzaga (PSDB), que conhece bem os caminhos políticos do Juruá, dizia ontem em uma roda de jornalistas que o candidato Gladson Cameli (PP) vai ganhar em todos os municípios daquela região. “Falo o que conheço, no Juruá não tem boca para o PT”, disse.

FALTA GRANA

O deputado Jairo Carvalho (PSD) leu ontem na tribuna com ironia uma resposta do Gabinete Civil a uma série de requerimentos: “onde diz que está sendo executado serviço, como na estrada para Plácido de Castro; não está, e para os demais pedidos responderam faltar recurso”. A situação está preta, atacou Jairo.

CHAPA PRONTA

O PDT está com uma chapa pronta para deputado estadual, com chance concreta de eleger dois parlamentares. Um dos mais fortes do grupo é o experiente ex-deputado Luiz Tchê.

DESVIO DE FUNÇÃO

A situação da prefeitura de Cruzeiro do Sul foi bem retratada em seu descaso pelo deputado Raimundinho da Saúde (PODEMOS). Revelou que, com a demissão de servidores estão usando os agentes de saúde para entregar as cobranças dos carnês de IPTU. A que ponto se chegou!

QUE NÃO VIREM COVEIROS

O temor é que o prefeito Ilderlei Cordeiro peça aos agentes de saúde que virem coveiros.

NEM TANTO, DUARTE!

Já disse que, considero o Roberto Duarte o vereador mais atuante e preparado na bancada de oposição, na Câmara Municipal de Rio Branco. Tem que continuar sendo duro com o PT. Mas deve evitar extremos, como o de se dizer sem dados que o fim do atual governador é a prisão.

NADA TRAMITANDO

Mesmo porque não há nada tramitando na justiça que possa levar o governador a ser preso, quando dobrar a curva do rio no próximo mês de dezembro. A não ser que apareça algo até lá.

“MAGOTES DE IRRESPONSÁVEIS”

É como o deputado Daniel Zen (PT) costuma se referir aos políticos de oposição ao PT.

E COMO APANHOU

Ontem foi o dia do candidato ao Senado, Gladson Cameli (PP), apanhar na ALEAC. E como apanhou!

UMA CAMPANHA BELICOSA
Isso está a mostrar que a campanha ao governo deste ano será belicosa ao extremo.

SE ACOSTUMEM, BAJULADORES!

Aos bajuladores, sejam eles de qualquer dos candidatos ao governo, aqui não tem protecionismo e nem censura ao que for dito na ALEAC ou a qualquer fato político que surja fora do parlamento e que seja relevante. Publico, sem medo da cara feia e do rosnar zangado.

PRECISA DAR UMA VOLTA

São terríveis as condições do Hospital “Raimundo Chaar”, em Brasiléia. São notícias que recebo de parlamentares, de amigos do município e retratado em fotos. Está péssimo no quesito higiene. O secretário Ruy Arruda precisa urgente dar uma volta naquela unidade hospitalar.

CADA DIA MAIS COMPLICADA

Com a decisão da Ministra do STF, Carmén Lúcia, de não colocar este ano para novo julgamento a questão da prisão após a condenação em segunda instancia, complicou para o ex-presidente Lula . Já estava fora do páreo por estar na lista dos portadores de ficha suja.

90% FORA

O deputado Raimundinho da Saúde (PODEMOS) defende que se o Marcus Alexandre (PT) ganhar a eleição demita 90% dos atuais secretários, que ao seu ver, emperram o governo.

CANDIDATO A FEDERAL

Não o conheço. Mas só pelo fato de ser um empresário bem sucedido, cara nova na política, não ser um aventureiro, registro a candidatura a deputado federal do Pedro do Dayane (PDT).

Dr. JEFERSON

Entre a safra nova de candidatos registro, o Dr. Jeferson como um bom nome à ALEAC.

DESCONHEÇO

Não me lembro de uma chapa tão competitiva para o Senado como a desta eleição.

NÃO LARGA O PÉ

A turma não larga do pé do Márcio Bittar (MDB). É chamado nas redes sociais de “candidato Mister. M”, aquele mágico que era quadro do Fantástico, que encenava um truque em que sumia e aparecia. “o nosso Mister.M aparece na campanha eleitoral e depois some misteriosamente”. Maldade!

CRISE POLÍTICA

Aberta uma crise política com o PRB. O presidente do PHS, Manoel Roque, enviou ontem um comunicado à prefeita Socorro Neri colocando à disposição para exoneração todos os cargos da prefeitura que são fruto de indicação do partido. O PHS é solidário ao vereador Juruna (PHS). “Estamos do lado do nosso vereador, o Juruna tem todo o nosso respeito”, diz.

ÍNDIO NÃO QUER APITO, QUER LEGALIDADE

Um misto de arrogância, petulância e sacanagem, foi o que a chefia do Gabinete Civil da PMRB, na pessoa do senhor Márcio Oliveira, fez ao usar de preciosismo jurídico para evitar a posse do vereador Juruna (PHS), uma pessoa simples e humilde, índio. Fosse um vereador janota do PT teria assumido com pompa a prefeitura e ainda com os áulicos batendo palmas. A prefeita Socorro Nery está fora desta patuscada ao estilo Sucupira, mas deve tirar lição do episódio para que não se repita, afinal, é uma prefeitura da Capital. Como não assumiu e foi enviado um requerimento à Câmara Municipal pedindo dados do vereador Juruna para que fosse solidário nos atos praticados durante o afastamento da prefeita?  É incoerente!

Telejornal 3 de Julho Notícias 9ª Edição

Veja nesta Edição no Vídeo Abaixo: Acidente grave deixa vítima fatal na Estrada do Pacífico, em Brasileia; Delegado de Polícia Civil, Karlesso Nespoli, dá detalhes das prisões em Brasileia; Dnit inicia trabalhos de alargamento da Avenida Marinho Monte em Brasiléia; Presidente, Rogério Pontes, fala da adequação do projeto que visa o auxílio Alimentação para educação, em Brasileia; Companhia Raio apreende moto furtada e casal que vendia drogas em Brasiléia; Ex-prefeito Everaldo Gomes terá que devolver R$ 1,2 milhão aos cofres públicos; Promessa de entrega do novo hospital regional não é cumprida pelo governo de Tião e Prefeita Fernanda Hassem homenageia todas as mães pelo dia especial. Curta a nossa página do facebook e se inscreva no nosso canal do YouTube.