Kiki se encontra na delegacia de Brasiléia e poderá ser transferido a qualquer momento para o presídio Fancisco de Oliveira Conde, em Rio Branco.

Kiki tentou matar Marcelo a golpes de faca no 13 de abril passado e se foi capturado.

O trabalho de investigação dos agentes da delegacia de Polícia Civil do município de Brasiléia, resultou na prisão e descoberta de pessoas envolvidas em homicídios e tentativa, ocorridas durante o mês de abril passado.

O primeiro caso, foi o homicídio de Francisco Pereira de Souza (39), foi assassinato com cerca de quatro tiros desferidos por uma pistola 9mm. O crime aconteceu por volta das 22h40 do domingo, dia 8, no Bairro Leonardo Barbosa.

Na noite do dia 13 do mesmo mês, Marcelo Gomes de Souza (19), (foto abaixo) foi vítima de uma tentativa de homicídio por arma branca, sendo ferido por cerca de quatro vezes. Segundo foi apurado, este teria ameaçado Francisco Gelsimar M. de Souza, vulgo ‘Kiki’, que seria de uma facção rival.

Kiki teria se armado com uma faca e tentou contra Marcelo que foi enviado para a Capital em estado crítico, para depois fugir tomando rumo ignorado. Dias depois, foi localizado e preso pelos agentes.

Já na manhã do dia 14, Jhemes Pereira Lira (28), foi assassinado no Bairro Leonardo Barbosa com pelo menos sete tiros pelo seu corpo. Todos os tiros foram disparados por uma pistola 9mm, mesmo calibre que da que tirou a vida de Francisco.

Kiki se encontra na delegacia de Brasiléia e poderá ser transferido a qualquer momento para o presídio FOC.

Já o autor do crime que tirou a vida de Jhermes, foi localizado e identificado como Felismar Machado Souza (20), vulgo ‘Bolacha’. Este já foi transferido para a capital e se encontra a disposição da Justiça no presídio Francisco de Oliveira Conde.

Por Alexandre Lima / oaltoacre