Madeira sem licença ambiental foi apreendida em operação. Ação do Ibama, Polícia Federal e Funai ocorreu no Jordão. Três pessoas foram conduzidas para delegacia.

Uma operação de fiscalização resultou na apreensão de mais de 14 m³ de madeira sem Documento de Origem Florestal (DOF) regularizado na cidade do Jordão, no interior do Acre.

A operação foi realizada pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Renováveis (Ibama), Polícia Federal e Fundação Nacional do Índio (Funai). O objetivo era fiscalizar as serralherias e marcenarias da cidade do interior do estado.

Conforme a polícia, três pessoas, que seriam proprietários das serralherias e marcenarias onde as madeiras sem licença ambiental foram encontradas, foram condizidas para a delegacia da cidade.

Na delegacia, foram lavrados os termos circunstanciados e colhidas as declarações, e em seguida, os empresários foram liberados. De acordo com os órgãos responsáveis pela operação, as ações devem continuar nos próximos meses, com o objetivo de combater o desmatamento ilegal e transpor de madeira sem licença.

Telejornal 3 de Julho 6ª Edição

Veja no Vídeo: Bomba em Epitaciolândia na administração de Tião Flores com protesto. Estupro em Assis Brasil, acidente na estrada do Pacifico, inauguração do setor de cadastro de Brasileia, cerca de 6000 títulos eleitorais cancelados no Fórum da 6ª zona e outros não perca, curta a nossa página e se inscreva no nosso canal do YouTube.

Do G1 Acre