Emerson Leão acompanhado da caravana da oposição parte de Brasileia rumo a Rio Branco para protestar contra Lula e Corrupção, mas não protestaram contra Aldemir e Everaldo.

O Presidente do MDB de Brasileia, Emerson Leão (que assumiu a direção do partido, após a prisão dos ex-prefeitos do Município, Aldemir Lopes e Everaldo Gomes) saiu com uma caravana rumo à capital Rio Branco para participar do ato contra o ex-presidente Lula.

Aconteceu o que já se espera da oposição, sempre a mesma coisa “briga entre eles mesmos” desta vez um rugido de Leão foi o suficiente para separar um princípio de confusão durante a manifestação, no hall da Assembléia Legislativa, no Centro de Rio Branco.

Tudo iniciou depois que um dos manifestantes no uso de um microfone teria feito uma defesa sutil ao ex-presidente Lula afirmando que FHC e Michel Temer são mais corruptos que o petista.

Revoltado com a aparente defesa à Lula, outro manifestante avançou sobre o homem que discursava e só não o agrediu porque a coordenação do MBL, organizadora do ato, impediu e o Leão estava lá.

O que chama a atenção para a caravana da oposição que partiu de Brasileia rumo a Rio Branco, especialmente Emerson Leão, é que não faz muito sentido eles manifestarem contra Lula por conta de corrupção, pois Emerson Leão e meia dúzia de membros da mesma agremiação política apoiavam Aldemir e Everaldo, ambos presos durante a operação da Policia Federal por vários crimes dentre eles corrupção passiva e ativa, organização criminosa e outros.

Veja o Vídeo Urgente:

O Suplente, Francisco Valadares, insulta o vereador Eduardo Meneses de Queiroz por descordar de projeto de nº 001 de autoria do Poder Executivo.

A confusão aconteceu durante a ordem do dia da oitava sessão realizada na manhã desta terça-feira na sede da Câmara Municipal do Município de Brasileia, segundo informações, o suplente de vereador, Francisco Valadares, saiu de seu acento para insultar o vereador Eduardo Queiroz por não concordar com o projeto.

Por Alemão Monteiro com informação ac24horas