Um ato muito simples para expressar esse sentimento, e que pode salvar vidas, é a doação de sangue.

A Páscoa está chegando, e como ocorre em todos os anos, as famílias se reúnem para aproveitar a companhia um dos outros e demonstrar o amor, o carinho e o afeto que sentem pelo próximo. 

Mas esse sentimento de amor pode ser demonstrado de uma forma muito mais verdadeira do que trocando ovos de chocolate.

Para realizar essa boa ação é mais simples ainda. Basta comparecer ao Hemoacre, localizado na Avenida Getúlio Vargas, 2.787, bairro Vila Ivonete, que fica aberto de segunda a sábado, das 7h15 às 17h30. Para mais informações, o número de contato é o (68) 3228-1494.

O Hemoacre conta com aproximadamente 700 doações mensais, mas esse número ainda é pouco para suprir a necessidade da população, por isso há um reforço nas campanhas de incentivo e conscientização, já que quanto mais pessoas doarem, mais vidas estarão sendo salvas.

“A doação de sangue é de extrema importância, já que pode salvar vidas. Doe, hoje você ajuda alguém, mas amanhã pode ser você ou alguém da sua família que pode precisar ser ajudado”, orienta Quésia Nogueira, gerente de captação do Hemoacre.

Uma das estratégias para aumentar o estoque de bolsas de sangue são as parcerias com outras entidades. A próxima já está agendada e será com a Igreja Adventista.

A ação vai ser realizada no dia 31 de março, no Teatro Plácido de Castro, das 8 às 17 horas, e contará com apresentação de conjuntos vocais e ainda homenagens a autoridades, doadores e pessoas que em algum momento precisaram de uma doação de sangue para sobreviver.

“Essas parcerias se constituem em uma ajuda importante, porque representam aumento no nosso estoque de bolsas que, infelizmente, não é suficiente para atender as demandas das unidades de saúde”, explica Quésia.

Vale lembrar que para ser doador é necessário estar saudável, ter entre 16 e 69 anos (menores de 18 apenas devem ir acompanhados de um responsável), pesar acima de 50 quilos e no ato da doação ter em mãos um documento com foto.

O doador não pode estar jejum, ter ingerido alimentos gordurosos e deve repousar no mínimo seis horas na noite anterior à doação.