O prefeito Ilderlei Cordeiro confirmou que vem sofrendo pressão por parte do grupo ligado ao ex-prefeito Vagner Sales para que deixe o PMDB.

Nos bastidores, as conversas são mais duras e Vagner já semeia entre os seus que pretende dar um prazo para a desfiliação de Ilderlei e caso o mesmo não faça por vontade própria, deverá ser expulso do partido.

Ao Juruá em Tempo, Ilderlei confirma a pressão, mas diz que até o momento não foi comunicado por parte do MDB dessa intenção.

Caso sua saída do MDB se confirme, o caminho natural de Ilderlei seria o PP, partido de Gladson com quem já tem alguma proximidade.

O prefeito já teria dado sinais que independente da posição do PMDB e de Vagner, pretende continuar apoiando Gladson Cameli no Juruá.

Por Juruá e tempo