Leila Galvão destacou a reunião que foi realizada, na Casa Civil, para assinatura de convênio entre a Caixa Econômica e o governo do Acre, que contempla a regularização fundiária na região do Alto Acre.

Assessoria

A parlamentar relatou que o convênio é fruto de emenda do deputado federal Léo de Brito (PT) no valor de R$ 350 mil, que já foi liberada, e do senador Jorge Viana (PT), no mesmo valor, que ainda será liberada, totalizando R$ 700 mil.

Ressaltando a importância da ação, Leila agradeceu o apoio do governador Tião Viana (PT), bem como do deputado Léo de Brito. De acordo com ela, inúmeras famílias serão contempladas com o título definitivo de suas terras.

“Ficamos felizes com este convênio pois essa é uma reivindicação das famílias daquela região, que sonham com o documento de suas terras. Agradeço ao governador Tião Viana que tem priorizado esse tipo de ação e ao deputado Léo de Brito pela liberação da emenda. Estamos juntos nessa parceria”, destacou.

A deputada também saiu em defesa da prefeita Fernanda Hassem (PT). Ela comentou as ações civis públicas que foram movidas pelo Ministério Público Estadual (MPE) contra a gestora municipal.

“Lamentavelmente nós precisamos conviver com esse tipo de política. Não estou criticando a atitude do Ministério Público, sabemos que o órgão precisa cumprir o seu papel.

Mas é nítido que quando entra no processo de eleição sempre acontece esse tipo de coisa, um gestor que é bem avaliado sempre sofre algum tipo de perseguição por parte da oposição. Isso é lamentável, não era para ser assim. Fernanda Hassem é pessoa íntegra e merece respeito”, complementou.

Para concluir, Leila Galvão apresentou uma moção de aplauso à prefeita Fernanda Hassem pelo seu papel relevante como gestora do município de Brasileia. A dona Guilhermina, fundadora do Sindicato das Lavadeiras, também será homenageada pela parlamentar.