O trabalho facilita o contato entre médico e paciente, traz segurança e confiança ao indígena.

Por Lane Valle 

Com um acolhimento que respeita as tradições e cultura dos povos indígenas, o Hospital das Clínicas (HC), por meio do Núcleo de Atenção à Saúde Indígena, busca o respeito no atendimento e suporte hospitalar a pacientes indígenas que fazem tratamento ou buscam consultas na unidade.

Já na entrada do hospital, os indígenas são atendidos em uma sala especialmente adaptada para recebê-los, com ornamentação de objetos oriundos de suas aldeias. O núcleo atende aos critérios estabelecidos em portaria do Ministério da Saúde, que qualifica o atendimento a indígenas em hospitais da rede pública com o envio de recursos do Incentivo de Atenção Especializada aos Povos Indígenas.

“Com base nas portarias enviadas pelo Ministério da Saúde, adaptamos nossas instalações para oferecer esse atendimento diferenciado à população indígena que é mais vulnerável e tem dificuldade para ter acesso aos serviços de saúde. Ao dar entrada na unidade, o indígena tem um acolhimento diferenciado, sendo acompanhado nas consultas, procedimentos e internações. Esse trabalho facilita o contato entre médico e paciente, traz segurança e confiança ao indígena, reduzindo assim, as dificuldades causadas pelas diferenças culturais”, destaca a coordenadora do núcleo, Débora Guimarães.

Quando há necessidades, o Núcleo de Atenção à Saúde Indígena solicita a presença de intérprete para acompanhar o paciente que tem dificuldades em se comunicar com as equipes. Além disso, dietas adaptadas às restrições e hábitos das etnias também são ofertadas aos pacientes internados.

A coordenadora explica que, com base nas pactuações com a população indígena e os distritos de referência (Purus e Juruá), os pacientes também têm o recurso de exames terceirizados (que não estão disponíveis pelo SUS) e óculos após indicação médica.

Em 2017, de acordo com dados do Núcleo de Atenção à Saúde Indígena, foram realizadas cerca de 190 consultas de indígenas mensais, com 56 internações ao longo do ano no HC. Também foram entregues 73 óculos ao longo do ano passado.