Vagner Sales X Ilderlei Cordeiro, uma briga Silenciosa dentro da prefeitura de Cruzeiro do Sul

Um racha entre o Grupo do ex-prefeito Vagner Sales e do seu afilhado político Ilderlei Cordeiro, ambos do PMDB. 

Antes mesmo da campanha municipal de 2016, muitos questionaram a ida de Ilderlei Cordeiro para a sigla, alegando que Vagner Sales poderia ter apadrinhado outro dirigente para ser seu sucessor, conselho este que não sensibilizou Vagner Sales, que bancou a candidatura e toda campanha de Ilderlei, inclusive com poder 100% da máquina da prefeitura municipal, que podemos até dizer que, foi o fator decisivo na vitória do PMDB. 

Passada a vitória estava tudo dentro da normalidade, Ilderlei nomeou 06 seis secretários indicados por Vagner Sales que já atuavam no primeiro escalão da gestão sessante e tudo caminhava bem.

Os ânimos começaram a acirrar quando Rudiley Estrela que é tio de Ilderlei, filiou se no PP de Gladson Cameli e anunciou a candidatura a deputado federal no pleito de 2018, disputando assim espaço na máquina da prefeitura com Jéssica Sales do PMDB, que é filha do ex prefeito.

A partir de então os dois grupos de Ilderlei e Vagner começaram a dividir espaços dentro da prefeitura e os ânimos foram se exaltando, até que chegou ao limite tolerável entre a interferência do ex prefeito e o comando de fato de Ilderlei.

O episódio final dessa relação aconteceu nesta quinta-feira dia 01 de fevereiro, quando no diário oficial lá estavam, a exoneração de seis secretários da cota de Vagner Sales, que a partir de hoje não fazem mais parte do quadro da prefeitura na gestão de Cordeiro.