Duas ossadas foram encontradas na tarde deste domingo (29) no Rio Juruá, em Cruzeiro do Sul. Segunda ossada deve ser de adolescente.

Uma das ossadas encontradas por um pescador dentro do Rio Juruá, na tarde deste domingo (28), no município de Cruzeiro do Sul, interior do Acre, é de Daniel Teles Martins da Silva, de 22 anos.

A mulher da vítima, que não quis se identificar, foi até o Instituto Médico Legal nesta segunda-feira (29) e reconheceu Silva pelas roupas que usava e também por uma tatuagem na mão.

Os corpos foram achados por um pescador, que acionou a polícia. Os dois estavam amarrados por um fio e bastante machucados. A mulher de Silva contou que ele estava desaparecido desde terça-feira (23), quando saiu de casa por volta das 13h acompanhado de um adolescente.

Os dois foram para Cruzeiro do Sul e, segundo a mulher, não informaram o que fariam. A mulher estava há seis meses com a vítima e está grávida de 2 meses. Ela confirmou que o marido era usuário de drogas, mas não quis dizer se ele tinha ou não envolvimento com facções criminosas.

“Ele não disse o que faria em Cruzeiro do Sul. Eu também conhecia o menor que saiu com ele e que deve ser o segundo corpo, porque ele estava com a mesma roupa quando saiu com meu marido. Ele não tinha inimizade com ninguém”, conta.

Após ser liberado, o corpo deve ser levado para Guajará, no Amazonas, onde vai ser velado e enterrado. Um legista ainda deve se posicionar sobre a causa da morte dos dois e como foram mortos.

Do G1 Acre