Uma operação conjunta da Polícia civil e Militar realizada em uma colônia localizada no ramal do 16, conseguiram prender os acusados Emerson e Romarinho todos maiores de idade.

De acordo com o tenente Chagas e o delegado Marcos Frank um dos acusados conhecido por Romarinho, vinha cometendo vários crimes na cidade e também é acusado de ter participado de um homicídio ocorrido no mês de dezembro de 2017 que vitimou o agricultor de aproximadamente 65 anos, identificado por Cuesta morto com um tiro de espingarda durante um assalto na sua residência.

Consta também que Hemesom é foragido do presídio de Cruzeiro do Sul. Para prender os acusados os polícias usaram vários quadriciclos, para o deslocamento até uma colônia localizada no ramal do 16, onde estava escondido os acusados.

De acordo com o delegado os acusados estavam armados com uma espingarda, um rifle e um revolver 38 equipado com luneta de longo alcance mais no momento da abordagem não tiveram tempo para reação agora serão encaminhados ao presídio local e ficaram a disposição da justiça.