A Polícia Federal realizou durante, a 2ª fase da Operação Febra, destinada ao combate de venda ilegal de combustível e gás de cozinha na fronteira de Brasiléia e Epitaciolândia, com o distrito de Pando, lado boliviano.

Segundo foi informado, somente no último mês, vários trabalhos de investigações e levantamento de dados sobre possíveis suspeitos de distribuírem gás contrabandeado nos municípios do lado brasileiro.

Com levantamentos dessas informações, foi realizado a prisão em flagrante de um dos suspeitos de ser o principal contrabandista de aditivos na região. O homem que não teve seu nome identificado, foi detido no momento em que trazia vários botijões de gás para serem vendidos no lado brasileiro.

O mesmo foi conduzido para a sede da delegacia da Polícia Federal em Epitaciolândia, onde seria ouvido e poderá responder por vários crimes contra a ordem econômica como previsto multas e outras normas;

Art. 1° Constitui crime contra a ordem econômica:

I – Adquirir, distribuir e revender derivados de petróleo, gás natural e suas frações recuperáveis, álcool etílico, hidratado carburante e demais combustíveis líquidos carburantes, em desacordo com as normas estabelecidas na forma da lei; …

Pena: detenção de um a cinco anos.

Por Alexandre Lima / oaltoacre