Dobradinha Mara-Petecão para o senado

O presidente do PSDB, deputado federal Major Rocha,  anunciou ontem à coluna que, a candidatura da sua irmã Mara Rocha (PSDB) para o Senado é uma decisão que veio da direção nacional e também é uma iniciativa para prestigiar as mulheres acreanas, que são a maioria do eleitorado. E que não se trata de nenhuma imposição de afronta. Rocha adiantou que o PSDB deverá trabalhar na campanha numa dobradinha Mara Rocha (PSDB)-Sérgio Petecão (PSD).

“Não há a mínima possibilidade de uma composição com a candidatura do Márcio Bittar (PMDB), cujo comportamento é ficar aliciando filiados do nosso partido para filiar nos partidos que estão sob a sua orientação política”, denunciou. Sobre a candidatura a vice-governador do médico Eduardo Veloso (PSDB), reafirmou que é uma decisão que partiu do senador Gladson Cameli (PP), que o PSDB respeita e não tem nada contra. Rocha reafirmou que Gladson Cameli continua sendo o candidato ao governo do PSDB e que, a sua meta é derrotar o PT.

DIREITO LÍQUIDO E CERTO

Um partido grande como o PSDB, que deverá ter candidato à Presidência da República, tem o direito líquido e certo de ter uma candidatura própria ao Senado. E Mara Rocha (PSDB), por ser uma mulher, qualificada, conhecida no Acre, é um nome que se encaixa bem neste cenário.

FANIQUITO SEM SENTIDO

É um faniquito sem sentido de outros partidos de ficar protestando contra a candidatura tucana. Ninguém é dono de votos e o eleitor votará no candidato que bem entender.

MUITA RECLAMAÇÃO

Tenho ouvido muita reclamação de candidatos a deputado federal e deputado estadual da oposição ao fato do senador Gladson Cameli (PP) chegar sempre nas reuniões com os candidatos Rudiley Estrela (Federal) e Nicolau Junior (PP) à ALEAC. Prometem ter uma conversa com ele.

FICA ONDE QUISER

Na política ninguém é obrigado a ficar num partido. Principalmente, quando se é candidato. Tem que procurar onde tem mais chance de eleição. É o caso do ex-tucano Renê Fontes. Se a cooptação veio ou não do candidato ao Senado, Márcio Bittar (PMDB), isso é outra história.

NÃO É COMO PENSA

Mas, se Renê Fontes saiu do PSDB para o PTB pensando que pelo partido será mais fácil a sua eleição comete um equívoco. A coligação PTB-SOLIDARIEDADE- PPS para deputado estadual é uma chapa forte e com nomes que serão altamente competitivos. Bastar olhar a chapa.

OBRA NÃO ELEITOREIRA

O deputado federal Léo de Brito conseguiu liberar uma primeira parcela de 75 mil reais de um total de 250 mil reais, para a recuperação do Parque “Capitão Ciríaco”, que é um patrimônio ecológico e cultural da cidade de Rio Branco e que precisava urgente de reparos. O interessante e louvável em sua ação é que, a obra não é eleitoreira e nem politiqueira, mas a cidade agradece pela preservação de sua história.

A QUESTÃO É DE ESTRUTURA

A substituição do Coronel Julio César pelo Coronel Marcos Kinpara, no comando da PM, não pode ser vista como a varinha de condão para resolver os problemas da Segurança, que somente neste mês já contabiliza 27 execuções. Kinpara terá maior estrutura? Eis a questão!

TREMENDO EQUÍVOCO

É completamente fora da realidade, debitar ao Coronel Julio César o problema da insegurança.

GUERRA AOS BURACOS

O PREFEITO Marcus Alexandre colocou nove frentes de serviço, com sete das equipes aplicando asfalto para recuperar ruas e tapar buracos, na cidade. As prioridades serão as vias estruturantes, corredores de ônibus e acesso a bairros. 3 mil toneladas de asfalto serão usadas nos próximos 30 dias. A cidade estava por merecer uma ação desta envergadura.

GRANDE ADVERSÁRIO

O grande adversário deste tipo de ação pela PMRB vem sendo o inverno rigoroso deste ano.

DENÚNCIA ARRASADORA

Circula nos bastidores a notícia em boas fontes de que até antes do carnaval deverá estourar uma denúncia documentada, trazida de fora do Estado, que se verídica for poderá implodir uma candidatura ao Senado (nome não revelado) e dando uma modificada no atual quadro. A conferir em breve.

SEMPRE COM RESERVA

Dou este tipo de notícia sempre com muita reserva até ver todo o conteúdo da denúncia.

SEM ATRAPALHA

Mesmo sendo presidente do PP, José Bestene, faz uma campanha de deputado estadual de forma descolada do cargo e sem trazer problemas para o candidato ao governo, senador Gladson Cameli (PP). Bestene é um dos bons nomes que está disputando uma vaga na ALEAC.

SEGURANÇA NACIONAL

Não tem nada ver as críticas da deputada Eliane Sinhasique (PMDB) sobre o sigilo das operações da Hidroelétrica do Madeira, porque se trata de segurança nacional, seus dados, podem ser abertos. É no Brasil e em qualquer país do mundo.

SINUCA DE BICO

Pela que a coluna se informou ontem ou o deputado federal Major Rocha (PSDB) recua na decisão de lançar a jornalista Mara Rocha (PSDB) ao Senado ou perde a candidatura do médico Eduardo Veloso (PSDB) a senador. Há uma revolta no PMDB com este fato novo no PSDB.

QUEM MAIS QUESTIONA

Quem mais está questionando está nova situação é o PMDB, que acha privilégio demais.

JÁ ANTECIPOU

Acho que o Major Rocha (PSDB) já antecipou a decisão ao debitar ao senador Gladson Cameli (PP), a escolha de Veloso como o vice da sua chapa. A questão do vice era um problema que já estava equacionado na oposição e volta novamente para a pauta das discussões.

NÃO VEJO NENHUMA INFLUÊNCIA

Não vejo influência negativa da candidatura da jornalista Mara Rocha (PSDB) na campanha do candidato ao governo, senador Gladson Cameli (PP). O eleitor vai escolher o seu candidato a governador sem querer saber quem disputa ou deixa de disputar o Senado. Não é um voto atrelado. Uma coisa não tem nada a ver com a outra.

CURIÓ EM MUDA

O ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales (PMDB), está igual a curió em muda, não dá um pio. Mas, pelo seu temperamento, não esperem que continue silencioso com o fogo nada amigo dentro da oposição contra o seu grupo político. Vagner não é de ficar nas cordas apanhando.

CONTADOR DE CAUSOS OU DE PIADAS?

O Cesário Braga, além de ser um militante petista empenhado e que tem o seu valor, possui outra faceta que poucos conhecem. Para uns, bom contador de causos. Batuca que o PT fará 8 deputados estaduais. Eu não prefiro ver a fantasia como causo, mas como uma grande piada.

COM AS MÃOS ATADAS

Para que isso venha a acontecer os candidatos dos demais partidos teriam que disputar a eleição, amordaçados e amarrados. Caiam na real que, o PT não tem mais o antigo poderio!

PIOR É QUE PENSAM…..

Pior é que ainda existem algumas cabeças ocas dentro do PT, pensando que o partido elege até poste se lançar como candidato. Foi-se este tempo! Os tempos são outros!

FRASE PARA REFLEXÃO

“O voto é uma arma e todos nós devemos fugir dos candidatos que não têm ficha limpa”. Frase da atriz Ingrid Guimarães, na última edição da revista ISTO É, para reflexão dos leitores.

DESDIZENDO O QUE DISSE

Por duas vezes seguidas o prefeito de Senador Guiomard, André Maia, me disse que já se inclinou em apoiar a candidatura do prefeito Marcus Alexandre (PT) ao governo. Já teria conversado neste sentido com o Marcus e com o governador Tião Viana. Mas não foi surpresa agora tirar o corpo fora e ficado em cima do muro. Aprendi ao longo da minha carreira que, na política a palavra da maioria dos políticos muda como as nuvens. O André não é o primeiro político a desdizer o que disse. Mas para este BLOG tudo bem, tanto faz ele apoiar Chico ou Chicó, para mim nada muda. O prefeito André tem o direito de apoiar quem quiser. Ninguém lhe tira este direito. Prefeitos passam, governadores passam e a coluna continua em qualquer gestão. E não será o apoio de nenhum prefeito que vai ditar a vitória de um dos candidatos ao governo, mas, a empatia com a população. Assim se decidem as eleições. E, bola na área.