O evento foi realizado nesta segunda-feira, 15, no auditório da sede da OAB na capital.

Como parte do planejamento institucional que visa contemplar os militares que ingressaram na corporação no quadro de praças e hoje chegaram à patente de subtenente, o Comando da Polícia Militar do Acre (PMAC) iniciou o Curso de Habilitação de Oficiais Administrativos (CHOA) para 43 alunos-oficiais. 

A qualificação tem por finalidade capacitar os praças que obtiveram ao longo de sua carreira bom comportamento, tempo de serviço (estando o militar na graduação de subtenente), ensino superior em qualquer área e não responder a nenhum processo criminal e administrativo. Todos os pré-requisitos são fundamentais para a realização do CHOA e, posteriormente, a ascensão ao oficialato.

De acordo com o comandante-geral da PMAC, coronel Júlio César dos Santos, o curso será oportuno para a realização de uma capacitação continuada aos militares que irão fazer o CHOA e, também, contemplar os praças com promoção a segundo-tenente, primeiro posto do oficialato.

“O CHOA é uma oportunidade dada aos militares que chegaram aqui na função de soldado e, com o tempo, preencheram os requisitos para ascender ao oficialato. Vale mencionar que nesses últimos dois anos foi a época que mais formamos oficiais administrativos na corporação. Isso demonstra o comprometimento da instituição com os profissionais que aqui prestam seus serviços”, frisou o comandante-geral.

Experiência e ascensão

Para o aluno-oficial Fernando de Oliveira, que tem 25 anos de serviços prestados à instituição, chegar ao CHOA é parte da realização de um sonho: a promoção ao quadro de oficiais.

“Desde que entrei na PM trabalhei muito, exerci todas as funções que um praça pudesse ocupar. Hoje, com o início e posterior conclusão do curso de oficiais, poderei exercer outras atribuições na instituição, como também poderei vislumbrar uma aposentadoria mais segura”, definiu.