Vagner Sales e o PMDB exigem explicação sobre envolvimento do senador em reforma de secretariado de Ilderlei

O ex-prefeito Vagner Sales e o PMDB de Cruzeiro do Sul exigem explicação sobre envolvimento do senador Gladson Cameli em reforma de secretariado do prefeito Ilderlei Cordeiro.

A crise instalada dentro das oposições do Juruá, especialmente envolvendo o prefeito Ilderlei Cordeiro e o grupo do ex-prefeito Vagner Sales (ambos do PMDB), ganhou novos contornos na tarde ontem, terça feira (9), com a demissão da Secretaria de Cultura Daiana Maia, e informações de que o prefeito pretende demitir todos os demais secretario ligados ao PMDB de Vagner. Já foram comunicados das demissões, os secretários Ivo Galvão – Administração, Rosa Sampaio – Meio Ambiente, Joel Queiroz – Obras, Neto Vitalino – Comunicação, Mario Neto e José Lisboa.

Uma possível participação do Senador Gladson Cameli (PP), na decisão do prefeito, gerou revolta no grupo ‘salista’ e reação do próprio ex-prefeito Vagner Sales. O Leão do Juruá ligou para o senador na tarde de hoje, quarta feira (10), e manifestou sua insatisfação com a atitude do senador, em se reunir com o prefeito, durante a agenda do fim de semana, para tratar de reforma no secretariado.

Segundo o presidente do PMDB de Cruzeiro do Sul, Jonathan Xavier Donadoni, Vagner disse por telefone ao Senador que espera uma explicação convincente, da parte de Cameli. Que a vontade de Vagner, era romper em definitivo com o pré-candidato Gladson Cameli. Mas, vai aguardar a vinda de Gladson a Cruzeiro do Sul, para ouvir pessoalmente, as explicações do senador, só a partir daí, o grupo do ex-prefeito deve decidir o caminho a ser seguido.

“Qualquer decisão com respeito a este assunto só será tomada depois que o Gladson vier a Cruzeiro do Sul se explicar. Ficou combinado que semana que vem ele estará em cruzeiro para confirmar ou esclarecer este assunto, se ele teve ou não participação. Vagner avisou que até lá está rompido com o candidato, que ele e o PMDB, só tomarão uma decisão depois desta reunião com o Gladson.” Disse Donadoni.

Até a vinda de Gladson ao Juruá, que deve ocorrer na próxima semana, nenhuma decisão será tomada. As relações politicas de Vagner Sales com o pré-candidato progressista seguem estremecidas. Já com o prefeito Ilderlei Cordeiro o caminho parece ser irremediavelmente um rompimento definitivo.

Por meio de uma nota, a assessoia do senador nega a participação de Gladson na reforma de Ilderlei.Por acrereal.com