Porto Acre terá um forte candidato a deputado estadual.

O ex-prefeito Carlinhos Portela, o Carlinhos da Saúde, entra na disputa respaldado pelo excelente trabalho que fez como gestor.

Também assume o Instituto Teotônio Vilela com trabalho direcionado para a formação política no ninho tucano.

O advogado criminalista Sanderson Moura decidiu disputar uma vaga ao Senado pelo PTC impulsionado pelas redes sociais.

Deverá apoiar a candidatura do coronel Ulisses ao governo pela coligação DEM/Patriotas.

Sanderson Moura, que também é formado em história pela Ufac, se define como um político de centro.

Da direita entende a necessidade do desenvolvimento econômico mais arrojado; da esquerda a proteção social que o Estado precisa dar aos desiguais através dos programas sociais.

Na entrevista que fiz com o coronel Ulisses no programa “Tribuna Livre”, SBT, TV Rio Branco, canal 8, deu pra sentir que ele é muito bom de argumento, retórica.

O senador Gladson Cameli, pré-candidato ao governo pelo PP, vai ter que se rebolar na disputa de espaço com ele, já que os dois são de oposição ao PT.

Entre alguns colegas jornalistas, colunistas e articulistas políticos a avaliação é de que o coronel Ulisses ultrapassa os 20% no calor da eleição.

Seu eleitorado é o mesmo do presidenciável Jair Bolsonaro.

O Macunaíma diz, aqui ao meu lado, que toda vez que alguém pronuncia o nome do Jair Bolsonaro arrepia os cabelos da nuca dele.

É que o Macunaíma foi torturado durante o regime militar.

Segundo ele, era obrigado a trabalhar para comer.

Diz que quando adolescente foi levado pela “manduquinha” para a delegacia onde levou uma surra de palmatória.

Ainda teve que furar todos os “ós” de um jornal com prego.

Diz mais: que seu crime foi roubar galinha da dona Julia, uma velhinha cega.

“Ah..se naquele tempo tivesse audiência de custódia”, suspira.

Durante conversa com populares o prefeito de Xapuri, Bira Vasconcelos (PT), disse que sua candidata a deputada em 2018 é a Leila Galvão.

O mesmo, afirmam os ex-prefeitos de Assis Brasil, Eliane Gadelha e o professor Manoel, ambos do PT.

Aliás, os cinco vereadores do PT em Brasiléia apoiam a reeleição da Leila, puxados pela prefeita Fernanda Hassem, que faz excelente gestão.

Por falar em Leila, o governador Tião Viana, o prefeito Marcos Alexandre e o deputado Ney Amorim estarão amanhã em Brasiléia prestigiando um evento organizado por ela.

Programa Novidade de Vida (Boas Novas) doa um radinho ao ouvinte que disser o nome da fundadora da emissora no Acre.

Vou dar uma dica:

É a esposa do deputado federal Silas Câmara, mãe da Gabriela Câmara e filha do falecido delegado de Polícia, Lucimar Lucena e ex-deputada federal pelo Acre.

Acredite se quiser: O Montana Jack errou!

Disse que foi o senador Sérgio Petecão (PSD).

O Montana só tem olhos para o Petecão, mas andou flertando politicamente com o também senador Jorge Viana, do PT.

Depois que se declarou pré-candidata a deputada federal a filha do ex-deputado federal Diógenes, a Carla Araújo, começou a receber apoio de antigos aliados do pai.

Chamar o ex-prefeito Tião Bocalom de “velho broco” é uma ofensa não só a ele, mas a todas as pessoas.

Ele tem o sagrado direito de apoiar a candidatura do coronel Ulisses.

Pasmem! Os ataques estão vindo de dentro da própria oposição.

Macunaíma, em quem você votará para presidente em 2018?

Depende…

Do (ou de) quê?!

Da distribuição equânime do fundo partidário.

Cretino!

Volto a repetir que o governador Tião Viana tinha toda razão quando orientou as policias e ficarem permanentemente em pontos estratégicos da cidade.

O primeiro sinal positivo foi a diminuição considerável de críticas ao secretário Emylson Farias e a Segurança como um todo.

Dia dois de dezembro, sábado, das 13h às 15h, vou estrear o programa “A Voz da Cidade” na Gazeta FM 93.

Noticiário político, policial, nacional, internacional com participação de popular!

Vai ser do arrocha!