A informação foi divulgada na manhã desta sexta-feira (24), pelo próprio secretário de Segurança, Emylson Farias, na Secretaria de Polícia Civil.

 Por Lília Camargo / Facebook 

A prisão preventiva do advogado, Manoel Elivaldo Batista Junior foi oficializada no Diário Oficial e cumprida ainda pela manhã, quando o Manoel se apresentou às autoridades na companhia de um advogado.

De acordo com o delegado responsável pela prisão, Pedro Resende, Manuel deve responder pelos crimes de associação criminosa, posse ilegal de arma e disparo de arma de fogo, já que confessou fazer parte de facção e foi registrado em video, atirando dentro de uma residência em posse de uma arma supostamente calibre 22 adaptada.

Buscas estão sendo realizadas na casa do advogado, na intenção de encontrar o armamento que deverá passar por perícia.

Para o secretário de segurança, Emylson Farias, a prisão mostra a sociedade a resposta de que a polícia está trabalhando e não se cala diante de afrontas a Segurança Pública do Estado.

"Nos não toleramos este tipo de atitude que não condiz com o ordenamento jurídico portanto prática de crime, desrespeito moral, desrespeito ético e este tipo de situação a gente não vai permitir que as instituições sejam manchadas por pessoas que deliberadamente praticam crime.

Então essa é uma ação forte do estado polícia e quando ocorrer dessa forma a gente vai sempre agir com essa dureza", disse Emylson Farias.

O advogado, Manoel Elivaldo Batista Junior apareceu em vídeos divulgados nas redes sociais manuseando uma arma de fogo e ainda afirmando ser integrante de organização criminosa.