Os arrombamentos nas cidades de Brasiléia e Epitaciolândia vem preocupando e tirando o sossego dos moradores da Fronteira.

A estatística também mostra que muitos desses ilícitos, está sendo uma constante praticada por menores, por saberem que pouco sofreram com as leis.

As chácaras localizadas a poucos quilômetros da cidade, também passaram a ser alvo dos ladrões e os registros nas delegacias vem aumentando.

Neste final de semana, os proprietários de uma pequena propriedade distante cerca de seis quilômetros da cidade de Brasiléia, foi alvo de ladrões. Os bandidos aproveitaram a ausência dos moradores e arrombaram a casa a procura de algo para levar.

Todos os cômodos, sem exceção, foram revirados a procura de alguma coisa de valor. Até mesmo debaixo dos colchões realizaram buscar. Segundo foi informado, existe um caseiro, mas se aproveitaram da tranquilidade do local para praticar o arrombamento.

Em tempo, esta não seria a primeira chácara roubada nas proximidades de Brasiléia e Epitaciolândia. Foi realizado Boletim de Ocorrência (B.O.), mas sem que fosse realizado uma perícia no local, devido não ter o profissional na delegacia.

Por Alexandre Lima / oaltoacre.com