Idosa foi encaminhada para o hospital com vômito e sudorese. Ataque ocorreu na manhã desta segunda (16) e bombeiros devem fazer remoção de insetos durante a noite.

Ataque de abelhas da espécie italiana ocorreu na manhã desta segunda (16), em Brasileia (Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros)

Um ataque de abelhas da espécie italiana deixou duas pessoas feridas, entre elas uma idosa de 70 anos. Além disso, dois cachorros morreram e um ficou ferido na manhã desta segunda-feira (16). O caso ocorreu na Rua Valdemir Lopes, no bairro José Brauna, em Brasileia, interior do Acre. De acordo com o Corpo de Bombeiros do município, a mulher foi atingida por ao menos 50 ferroadas.

O sargento Adacir Vivan, que atendeu a ocorrência, relatou que um homem roçava um quintal quando atingiu a casa das abelhas. Ele relatou à polícia que as abelhas se agitaram e começaram a atacar seguindo para a casa da idosa, que fica cerca de 50 metros do local onde estavam os insetos.

“Elas atacaram a idosa e os três cães que estavam com ela. Ela saiu correndo, pedindo ajuda. Os moradores cobriram ela com um cobertor. Fomos até o local e ficamos acompanhando para verificar se havia mais alguma vítima”, explica.

Dois cachorros morreram e um ficou ferido durante ataque de abelhas (Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros)

A idosa foi encaminhada ao hospital do município vomitando e com sudorese, mas consciente. Um homem levou ferroadas, mas não ficou com o estado tão grave. Um cachorro de Joana morreu ainda no local, um outro não resistiu já no caminho do veterinário e o terceiro recebe atendimento.

O sargento explica ainda que os moradores fiquem alerta, pois só podem fazer a retirada das abelhas no período noturno o que pode ocasionar novos ataques. O Corpo de Bombeiros recomendou aos moradores que mantenham silêncio nas proximidades do local e esperem que os insetos se acalmem.

“Agora durante o dia elas já estão bastante alvoroçadas, então a remoção fica difícil. Um isolamento foi feito perto da base das abelhas e fiquem abrigados dentro de casa”, finaliza.

Do G1 Acre