Lúcio Funaro revelou ao Ministério Público Federal a estatura moral do deputado Wladimir Costa, que ficou conhecido por tatuar o nome de Michel Temer no ombro.

O corretor financeiro Lúcio Funaro revelou num depoimentos de sua delação premiada ao Ministério Público Federal a estatura moral do deputado Wladimir Costa (SD-PA), que ficou conhecido por tatuar o nome de Michel Temer no ombro. 

Segundo Funaro, o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha comprava Wladimir Costa “a toda hora”, quando precisasse de aprovar alguma matéria de interesse da organização criminosa. 

Wladimir Costa é alvo de uma representação no Conselho de Ética da Câmara por quebra de decoro parlamentar, por assediar e ofender uma jornalista da radio CBN.

Brasil247.com